Revista Pós-Venda
FormaçãoNotíciasRepinturaImpoeste e PPG promovem formação sobre processos Lean
Impoeste formação

Impoeste e PPG promovem formação sobre processos Lean

por

A Impoeste juntou alguns dos seus clientes no CEPRA, com quem tem uma parceria, para ministrar uma formação a cargo de Ildefonso Jiménez, responsável de formação da PPG Iberica acerca dos produtos da Nexa.

A formação que decorreu ontem e hoje em Lisboa apostou na inovação porque não focou diretamente os produtos da Nexa, distribuída em exclusivo pela Impoeste em Portugal, mas sim de processos e formas de organizar e rentabilizar melhor a oficina de chapa e pintura. A PPG está apostada em aplicar em Portugal os conceitos Lean e Six Sigma às oficinas, num processo de melhoria contínua, com resultados visíveis.

“Este curso está em linha com a forma como a Impoeste vê o negocio das oficinas de colisão. Quanto a nós, para que as oficinas de colisão sejam rentáveis é urgente mudar o seu paradigma, isto é, as oficinas já não conseguem aumentar a sua produtividade à custa da rapidez de execução dos trabalhos sem porem em causa a qualidade do serviço, nem tão pouco através da redução do custo dos materiais que utilizam nas reparações mas sim pela redução dos desperdícios ou, dito de outra forma, reduzindo tudo aquilo que não acrescenta valor na reparação”, explica Paulo Almeida, responsável de grandes contas e OEM da Impoeste, que deixa alguns exemplos: “tempo em deslocações desnecessárias ou evitáveis, redução do consumo de materiais, redução do custo dos stocks, entre outros.”

Ildefonso Jiménez, da PPG Ibérica, explica que “esta formação traz processos Lean que têm resultados comprovados mas que implicam uma mudança completa de processos nas oficinas”. Foram vários os exemplos práticos que o formador mostrou aos presentes em que processos simples podem fazer a diferença na organização da oficina. “Não é um processo que se aplique numa semana e daí tratar-se de um processo de melhoria contínua, que nunca está concluído. Primeiro temos que convencer o gestor da oficina, para que ele motive a sua equipa. Têm que estar todos em sintonia, mas estes conceitos podem ser aplicados tanto a oficinas pequenas como grandes concessões”.

Paulo Almeida acrescenta que “a Impoeste responde a este desafio, apresentando aos nossos clientes um modelo de negócio designado por rentabilidade mínima garantida, o que implica um apoio contínuo ao nosso cliente, com apoio técnico semanal, redução da burocracia, implementação do programa de organização de espaços 5S, além dos stocks nestes clientes serem da própria Impoeste, evitando o cliente o investimento em produto, desde as tintas a todos os acessórios para os trabalhos de chapa e pintura.”

Pedro Monteiro, gestor da rede de oficinas Rino Master, foi um dos presentes na formação, sendo que estes conceitos Lean e Six Sigma serão posteriormente passados à rede para melhorar a produtividade e rentabilidade dos aderentes. “Sabemos que implica algumas mudanças mas assim que os resultados apareçam nas primeiras oficinas que adiram a estes processos, será mais fácil mostrar as mais-valias aos restantes franchisados”.

Esta formação decorreu em Lisboa e amanhã, dia 24 de novembro, repete-se no CEPRA, no Porto.

 

grupo

Na foto da esquerda para a direita: Ildefonso Jiménez (PPG), Paulo Almeida (Impoeste) e Pedro Monteiro (Rino Master)

 

Mais informações em www.impoeste.pt

 

Veja uma galeria de fotos:

 

Notícias relacionadas:

 

Nº de visitas: 336 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo