Revista Pós-Venda
NotíciasJaguar inicia testes para condução autónoma
jaguar

Jaguar inicia testes para condução autónoma

por

A Jaguar Land Rover pretende criar uma frota com mais de 100 veículos de investigação durante os próximos quatro anos, para desenvolver e testar uma vasta gama de tecnologias de Veículos Autónomos e Conectados (CAV). Os primeiros serão conduzidos ainda este ano num novo percurso de ensaio com 66 km de autoestradas e estradas urbanas em redor de Coventry e Solihull.

Os testes iniciais vão envolver as tecnologias de comunicações de veículo-para-infraestrutura e de veículo-para-veículo, que permitirão que os carros falem entre si e com os sinais de trânsito, pórticos e semáforos. Em última análise, a partilha de dados entre veículos vai permitir que, futuramente os carros conectados cooperem e trabalhem em conjunto para auxiliar o condutor e tornar as mudanças de faixa e os cruzamentos mais simples e seguros.

De acordo com Tony Harper, Head of Research, da Jaguar Land Rover: “A nossa tecnologia conectada e automatizada pode melhorar o fluxo de trânsito, eliminar os engarrafamentos e reduzir os potenciais acidentes. Também melhoraremos a experiência de condução, com os condutores a poderem escolher o apoio e a assistência de que necessitam. No trânsito, por exemplo, o condutor pode selecionar a assistência autónoma durante as partes aborrecidas e stressantes da viagem.

Mas mesmo se um entusiasta da condução estiver completamente concentrado em apreciar a emoção da estrada, esta nova tecnologia que estamos a criar vai continuar a trabalhar em segundo plano para mantê-lo seguro. Como o carro inteligente vai estar sempre alerta e nunca se distrai, pode guiá-lo através de obras na estrada ou evitar acidentes. Se for um condutor exímio, imagine poder receber um aviso que irá alertá-lo se existe um perigo que não consegue ver ou mesmo a seguir a uma curva fechada. Quer seja um carro mal estacionado, quer seja uma ambulância na sua direção, você pode abrandar, passar o perigo sem ansiedade e prosseguir a sua viagem.”

O sistema ROADWORK ASSIST utiliza uma câmara estereoscópica frontal para gerar uma vista 3D da estrada e, em conjunto com o software de processamento de imagem, consegue reconhecer cones e barreiras. O sistema vai detetar quando o veículo está a aproximar-se do início das obras na estrada, identificar a trajetória ideal através de estaleiros de construção complicados e trânsito contrário e informar o condutor que a estrada vai estreitar mais adiante. Seguidamente aplicará uma pequena quantidade de assistência de direção no volante para ajudar o condutor a manter-se no centro da faixa.

Segundo Tony Harper: “Conduzir por estradas congestionadas pode ser uma experiência stressante para muitas pessoas, especialmente quando as faixas estreitam e mudam para o outro lado da estrada, ou se as marcas rodoviárias estão esbatidas, confusas ou ausentes. Par superar isto, o nosso protótipo vai guiar o veículo para o centro da faixa estreita, reduzindo o esforço e o stress do condutor. Com investigação adicional, futuramente este sistema pode permitir que o carro se mova autonomamente pelas obras rodoviárias.”

SAFE PULLAWAY: Aproximar-se demasiado do veículo da frente em engarrafamentos ou ao entrar em cruzamentos é uma causa comum de acidentes. As colisões a baixa velocidade também podem ser causadas por condutores que embatem contra paredes, portas de garagem e carros estacionados porque incorretamente avançam com o veículo em vez de marcha-atrás quando tentam distanciar-se.

A Jaguar Land Rover está a desenvolver um sistema de assistência para prevenir este tipo de colisões. Denominado Safe Pullaway, utiliza uma câmara estereoscópica para monitorizar a área imediatamente defronte do veículo. Se o sistema detetar objetos como veículos e receber sinais de ativação do acelerador ou da seleção de mudanças que podem originar uma colisão, os travões são ativados automaticamente e o condutor recebe um aviso audível.

O sistema OVER THE HORIZON WARNING faz parte de um projeto de pesquisa que testa dispositivos que utilizam sinais de rádio para transmitir dados relevantes entre veículos. Se estes conseguirem comunicar de forma independente, os motoristas e os automóveis autónomos podem ser avisados de perigos e obstáculos ocultos ou em curvas fechadas.

Segundo Tony Harper: “O sistema Over The Horizon vai tornar a condução mais segura e pode evitar engarrafamentos e acidentes. Proporcionar a informação correta no momento certo permite melhores decisões e mais seguras, quer o automóvel seja conduzido por uma pessoa, quer seja autónomo.”

Se um veículo tiver de abrandar ou parar e constituir um risco para outros condutores, vai enviar uma advertência Perigo À Frente que alerta os veículos na proximidade. Os veículos em aproximação vão então receber um aviso visual e sonoro, que informa o condutor do perigo.

Ouvir a sirene de um veículo de emergência mas não conseguir ver de que direção vem pode ser stressante. Proporcionar aos condutores a informação correta no momento certo também permitirá decisões melhores e mais seguras e pode reduzir os potenciais acidentes.

O sistema Emergency Vehicle permite que ambulâncias, carros de bombeiros ou de polícia conectados comuniquem com outros veículos na estrada: um dispositivo no veículo de emergência transmite que está a aproximar-se antes de o condutor conseguir ver as luzes ou ouvir as sirenes.

Os condutores recebem um aviso audível com uma advertência visual que mostra a direção de chegada do veículo de emergência e a que distância se encontra: podem então afastar-se e permitir que o veículo de emergência passe, o que minimizará atrasos para os serviços de emergência e prevenirá acidentes.

Nº de visitas: 49 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Miraflores Office Center - Rua Santa Teresa do Menino Jesus, nº 6, Escritório 7ºE. 1495 - 048 Miraflores

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Calendário de eventos

Voltar para Topo