Revista Pós-Venda
NotíciasPesadosSegunda geração do Mercedes Actros OM 471 mais poupada
Mercedes Actros

Segunda geração do Mercedes Actros OM 471 mais poupada

por

O potencial de poupança da segunda geração do Mercedes OM 471 permite, de acordo com a Mercedes, uma redução total de 13% de combustível.

Com o novo OM 471, o Mercedes-Benz Actros aumenta ainda mais a liderança em termos de eficiência, anuncia a marca alemã. O consumo de combustível baixa até mais 3% e as curvas de potência e de binário na gama de rotações mais baixa sobem mais rapidamente, dando aos motores novas características de performance. A Mercedes-Benz utiliza este fator para aplicar uma relação da transmissão final mais longa, o que beneficia a eficácia do consumo de combustível.

Os novos valores de performance de 390 kW (530 cv) e 2.600 Nm de binário são o culminar dos melhoramentos introduzidos nos motores de série com cinco valores de potência nominal, que começa nos 310 kW (421 cv). Os especialistas do desenvolvimento de motores conseguiram os novos melhoramentos do OM 471, primordialmente através de quatro novas evoluções: um sistema de injeção otimizado que trabalha com maior flexibilidade e picos mais elevados de pressão de injeção; um novo turbocompressor de gases de escape fabricado internamente e adaptado ao OM 471, que tem uma nova válvula de recirculação dos gases de escape permitindo uma eficaz divisão de trabalho entre os cilindros e que aumenta ainda mais a robustez dos motores; um controlo da combustão melhorado; e um conjunto de medidas de design que reduzem a fricção dos componentes móveis do motor.

Um dos elementos-chave do novo OM 471 é a última geração do sistema de injeção X-Pulse – um sistema common-rail original com a pressão a intensificar-se no injetor e com flexibilidade sem restrições para regular o sistema de injeção. A pressão máxima na conduta foi aumentada de 900 para 1.160 bar, o que permite uma pressão de injeção máxima de 2.700 bar no topo do bico dos injetores. Resumidamente: a pressão só estará disponível e será apenas extremamente elevada, se servir para aumentar a eficácia do consumo de combustível.

POUPAR ATÉ MENOS 13% DE COMBUSTÍVEL EM TRÊS FASES

Menos 5%

A primeira versão do seis cilindros em linha e 12,8 litros OM 471 já tinha persuadido os clientes com a sua robustez e inovações técnicas. Interagindo com um conjunto alargado de medidas, o consumo de combustível do novo Actros de 2011 diminuiu em cerca de 5%, em comparação com o modelo anterior. E este resultado foi alcançado apesar da precoce conformidade com o Euro VI.

Menos 5%

Quando a Mercedes-Benz Trucks lançou o Predictive Powertrain Control no novo Actros de 2013, o consumo de combustível baixou novamente 5%. O sistema utiliza mapas topográficos quando o camião está a operar e trabalha lado a lado com a função cruise control da transmissão automática Mercedes PowerShit 3.

Portanto o sistema apoia o estilo de condução em antecipação utilizado pelo condutor e engrena sempre a relação ideal para melhorar o consumo de combustível.

Menos 3%

Recentemente, com a implantação do novo OM 471 em 2015, a Mercedes-Benz baixou ainda mais o consumo de combustível do Actros até 3%, quando opera em longo curso.

Mais informações em www.mercedes.pt

Nº de visitas: 125 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Miraflores Office Center - Rua Santa Teresa do Menino Jesus, nº 6, Escritório 7ºE. 1495 - 048 Miraflores

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Calendário de eventos

Voltar para Topo