Revista Pós-Venda
NotíciasBoost Recuperation Machine da SEG reconhecido como eco-inovação na UE
Boost Recuperation Machine

Boost Recuperation Machine da SEG reconhecido como eco-inovação na UE

por

A UE tem a legislação de CO2 mais rigorosa do mundo para os fabricantes de automóveis: a partir de 2021 o objectivo definido para o consumo médio da frota (segundo o NEDC) é de apenas 95g de CO2/km e este mesmo limite diminuirá para 81g CO2/km em 2025.

Para cada grama acima deste limite, uma penalização de 95€ por veículo será imposta aos fabricantes de automóveis – um enorme desafio para a indústria neste setor. Assim sendo, além da mudança gradual para veículos elétricos, também é importante limitar as emissões de CO2 dos motores de combustão. O Boost Recuperation Machine (BRM) 48V da SEG Automotive é agora uma solução ainda mais atrativa. Permite a fácil conversão de motores convencionais em híbridos leves de 48V, economizando até 15% em combustível e emissões CO2. A UE reconheceu agora oficialmente o BRM como uma eco-inovação, permitindo aos fabricantes receber um benefício de crédito adicional de emissões de quase 2g de CO2/km2 por veículo equipado com esta tecnologia.

A UE reconhece tecnologias particularmente respeitadoras do meio ambiente como eco-inovações e concede-lhes créditos adicionais de CO2 pelos seus efeitos positivos na sua utilização no mundo real. Ao recorrerem a essas inovações ecológicas, os fabricantes de automóveis podem melhorar ainda mais os seus valores de consumo de frota. Estes créditos estão disponíveis para os geradores da SEG Automotive desde 2015. O BRM é agora a única tecnologia de 48V reconhecida como uma eco-inovação da UE. Semelhante ao KERS na Fórmula 1, recupera a energia de travagem com um elevado grau de eficiência e utiliza-a, posteriormente, para aumentar a utilização de binário adicional, de acordo com as necessidades. Também continua a abastecer energia de forma eficiente e fiável ao sistema elétrico do veículo. O BRM substitui o gerador na sua localização junto das correias do motor e transforma o veículo num híbrido leve de 48V. Deste modo, elimina a necessidade de cumprimento dos requisitos de proteção de alta tensão, complexos e dispendiosos, bem como as suas cablagens específicas. Apenas uma pequena bateria de 48V (~ 0,5-1 kWh) e um conversor DC/DC são necessários para fornecer o sistema elétrico de 12V.

“Comparando possíveis poupanças em multas com os baixos custos do sistema, a mudança de 12V para 48V praticamente se autofinancia para a maioria dos fabricantes. Por outro lado, o condutor beneficia da poupança de combustível e de características especiais, como o conforto no arranque ou o binário máximo adicional. Por fim, o ambiente também beneficia – como a UE o confirmou ao reconhecer o Boost Recuperation Machine como uma eco-inovação”, explica Peter Sokol, COO do grupo SEG Automotive.

Para a SEG Automotive, o BRM é parte da sua estratégia consistente e global de crescimento sustentável e rentável: a redução significativa das emissões de veículos de passageiros e comerciais, contribuindo para a proteção do clima – no mundo e em todas as tecnologias de condução.

As poupanças de até 15% referem-se a veículos sem motor de arranque Start/Stop. Comparando com veículos com tecnologia avançada Start/Stop existem poupanças adicionais de até 9% em consumos e emissões de CO2.

O Eco-crédito adicional exato é determinado individualmente para cada aplicação de motor e veículo. Na maioria dos casos estará na casa dos 1.2 – 1.7g CO2/km.

Nº de visitas: 69 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Estrada de Polima. Centro Industrial da Abóboda nº 1007 2º andar, escritório I. 2785-543 São Domingos de Rana

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com