Ver todas

Back

DAT Ibérica: A inteligência artificial veio para ficar na gestão de sinistros

13 Dezembro, 2021
297 Visualizações

Quem não utiliza um telemóvel hoje em dia? Esse “complemento” essencial é quase a única coisa de que precisa para efetuar a gestão de um sinistro do princípio ao fim. A inteligência artificial não é o futuro… é o presente.

Os condutores, os callcenters das seguradoras, os peritos, as locadoras e, claro, as oficinas que se dedicam à reparação automóvel, já podem funcionar a partir de um smartphone. O desenvolvimento de serviços que muitos operadores realizaram, utilizando diversas tecnologias, ficam aquém das expectativas dos clientes e não são suficientes para garantir a competitividade, são necessários workflows muito mais rápidos para todos os intervenientes.

Imagine que um determinado veículo em renting, que muitas oficinas assistem, sofreu um pequeno toque no trânsito. Arrisca o cliente a ficar uma semana sem carro? Arrisca ficar cinco a sete dias sem a sua ferramenta de trabalho essencial? Não faz sentido. Sobretudo quando há soluções com a tecnologia mais avançada e, especificamente, a inteligência artificial, para entrar em cena e atuar sobre o assunto e poder devolver o carro à estrada muito rapidamente, com ganhos económicos (e não só) para todos os envolvidos.

Consulte aqui o artigo completo.

Artigo publicado na Revista Pós-Venda n.º 69 de junho de 2021. Consulte aqui a edição.

PALAVRAS-CHAVE