Ver todas

Back

Diesel continua a ser o combustível mais considerado no momento de compra de um carro

9 Julho, 2020
942 Visualizações

De acordo com um estudo da Marktest, realizado para o Standvirtual, são analisados três indicadores muito pertinentes: motivação de compra, jornada de compra e decisões de compra de um automóvel. Poderá ler as conclusões no estudo que aqui deixamos.

“Este estudo surge de uma das nossas prioridades para este ano: a jornada do consumidor. É fundamental para todos os players disporem de dados objetivos que lhes permitam delinear estratégias eficazes e, pela responsabilidade que temos neste segmento, decidimos avançar com esta iniciativa no sentido de partilhar indicadores de análise muito valiosos para sustentar futuras decisões que, em contexto de crise, poderão ser vitais para o negócio. Decidimos, inclusivamente, recorrer a um parceiro externo e independente, especialista na matéria, exatamente para garantir total isenção e credibilizar ais mais uma informação que pretendemos disponibilizar a clientes, parceiros e até concorrentes com insights fundamentais para todo o setor”, explica Nuno Castel-Branco, Head of Motors do Standvirtual.

O estudo foi feito com base num inquérito efetuado a 114 pessoas, entre os meses Fevereiro e Março, margem de erro: 9 pontos percentuais

Resumo das principais conclusões:

  • Renault (11%), Volkswagen (8%) e Seat (8%) compõem o TOP3 das marcas de carros comprados.
  • O diesel (59%) continua a ser o tipo de combustível mais considerado no momento de comprar carro, seguido da gasolina (40%) e dos híbridos (18%).
  • O Standvirtual é mencionado (por 98% dos inquiridos) de forma espontânea como o primeiro local para pesquisa de automóvel, surgindo depois o OLX (51%) e o Auto Sapo (49%).
  • Os fatores determinantes mais apontados na tomada de decisão de compra são a conversa com amigos, familiares ou colegas (25%); o concessionário da marca (25%); e depois surgem empatados os stands de automóveis / sites de procura e venda de automóveis usados (19%).
  • Em média, um maior número de pessoas (28%) indica que demora dois a três meses entre o momento em que começa a pensar em comprar o carro e o momento em que se inicia a pesquisa. Relativamente ao tempo em que demora entre o começo da pesquisa e o efetivar da compra, 26% dos inquiridos refere que são duas a três semanas.

PALAVRAS-CHAVE