Ver todas

Back

Expomecânica passa a realizar-se dois em dois anos

15 Outubro, 2019
666 Visualizações

Depois da edição de 2020, que se realizará de 17 a 19 de abril, a Kikai só voltará a organizar o salão Expomecânica em 2022, tornando assim este salão num evento bienal. Uma decisão, que segundo a Kikai, agrada aos expositores e permite que esta feira fique alinhada, em termos de calendário, com os eventos internacionais.

A seis meses da realização do Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto (de 17 a 19 de Abril), a planta do maior evento ibérico do aftermarket automóvel do primeiro semestre de 2020, a acontecer na Exponor – Feira Internacional do Porto, já integra o mesmo número (26) de expositores espanhóis da edição anterior. E já há operadores económicos italianos e belgas com reservas de espaço feitas.

Na grelha de partida do Expomecânica 2020 deverá perfilar-se mais um recorde de participação espanhola. E internacional, provavelmente. Para o efeito, muito já está a contribuir a decisão da Kikai Eventos, o organizador do evento de referência do pós-venda português, de reposicionar a feira, alterando a sua periodicidade.

O Salão vai realizar-se de dois em dois anos (pares) a partir de 2020, alternando com a Motortec Automechanika Madrid.

O acerto de calendário no próximo ano fará a 8.ª edição do certame acontecer só em 2022. Desta forma, o Expomecânica alinha-se com as tendências internacionais do setor, permitindo ainda o seu crescimento no panorama dos principias eventos europeus que espelham a atividade.

Depois de uma profunda reflexão e consulta ao mercado, “assumimos um novo compromisso com o setor. A recetividade – nacional e internacional – está a ser muito positiva. Estamos a conseguir excelentes resultados lá fora, sobretudo em Espanha, o que nos leva a crer que vamos ter a melhor participação de sempre”, explica José Manuel Costa, director-geral da Kikai.

Esta alteração – «estratégica» e «profunda» – vai ao encontro do que pretende o mercado e a Organização da feira. “Colocamos o interesse do setor acima de tudo. Provamos que somos uma alternativa – credível e segura – a todos os que pretendem, tal como nós, crescer e alargar as fronteiras do aftermarket. Adotámos um modelo que funciona em toda a Europa”, refere o mesmo responsável.

A campanha do Expomecânica 2020 prossegue com ganhos nos principais indicadores comerciais. Mais de metade da área expositiva (24 mil metros quadrados) está já ocupada por um total de 157 empresas, evidenciando um forte interesse dos operadores do pós-venda no certame.

A «força» da feira está, precisamente, nesta participação – atempada e ininterrupta –de “muitos dos grandes players”, refere Sónia Rodrigues, diretora comercial da Kikai.

Com mais 8 mil m2 disponíveis no desenho da sétima edição do Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto, existe assim a expetativa de novos crescimentos em vários indicadores, quantitativos e qualitativos.

“Estamos no bom caminho para obtermos um resultado histórico em termos de área líquida alugada também. Dos quatro pavilhões da Exponor alocados ao evento, a nave 5 do recinto está nesta altura praticamente preenchida, o Pavilhão 4 para lá caminha (tem 75% da área reservada) e estamos com uma ocupação de 33% nos dois restantes. E a campanha ainda só vai a meio”, salienta Sónia Rodrigues.

Refira-se que a revista Pós-Venda e Pós-Venda Pesados serão Media Partners do Expomecânica, pelo que poderá ficar a conhecer nas nossas restantes plataformas (www.posvenda.pt, newseltters e redes sociais) tudo o que vai acontecer neste evento.

PALAVRAS-CHAVE