Ver todas

Back

Menapeças: Seguir a política do Continente

25 Janeiro, 2017
1205 Visualizações

A Menapeças está na Madeira desde 2007, numa altura em que a empresa abriu três filiais a nível nacional, sendo um dos primeiros grossistas continentais a chegar à ilha.

A loja da Madeira da Menapeças é um projeto que surge porque o administrador da Menapeças, Orlando Mena, conhecia bem o mercado local, por força das suas muitas deslocações à ilha quando estava na Univex-Mitsubishi e nomeou um concessionário na Madeira. Depois da fundação da Menapeças, em 1984, sempre foi um dos objetivos estender a atividade a outras zonas do país, daí a entrada na Madeira, em 2007.

 

 

No entender do responsável da empresa não existem propriamente grandes diferenças entre o modelo de negócio da casa mãe e da filial na Madeira. “A loja da Madeira segue a mesma política das Menapeças do continente. Tem mais alguns produtos que a Menapeças no continente não tem, acima de tudo pela especificidade do parque automóvel local”, começa por referir o administrador da Menapeças.

O balcão de peças e armazém situados na zona da Cancela, têm uma localização estratégica na ilha, tendo a particularidade de “a maioria das vendas na Madeira serem feitas ao balcão, e quase na totalidade de material de desgaste”, explica Orlando Mena, que diz que outra das particularidades do balcão local face ao que acontece no continente é que 80% das vendas são a pronto pagamento.

Num mercado com excesso de operadores, com um parque circulante não muito grande, onde existem dificuldades logísticas por causa da insularidade, que obriga também a stocks um pouco mais reforçados, Orlando Mena considera que “o negócio da peças auto, na Madeira, tem atravessado um período difícil, aliás, como todas as áreas de negócio. De qualquer forma, o facto de estarmos a passar por uma fase menos produtiva dá-nos a esperança de que o futuro será de melhoria”.

Tal como as outras filiais da empresa, em Serzedo (Vila Nova de Gaia) e em Famões (Odivelas), também a filial da Madeira é abastecida pelo armazém central na sede no Carregado, sendo que a política de produto / marcas é semelhante para todas as liais. “Os stocks da loja da Madeira são enviados da Menapeças do Carregado, no entanto também são feitas compras a outros fornecedores”, refere Orlando Mena. Com uma aposta forte em material de desgaste, o historial da empresa na Madeira permite ter sempre em stock o material de maior rotação, até porque, segundo o responsável da empresa, “na Madeira, as viaturas têm um desgaste superior, mas pode considerar-se que a ilha tem um bom parque automóvel”.

Refira-se que para além do balcão de peças que tem na Madeira, a Menapeças disponibiliza também a loja de peças B2B, através do qual os clientes poderão adquirir peças (mediante registo).

 

 

CONTACTOS

Menapeças
Orlando Mena
291 938 005
madeira2@menapecas.com
www.menapecas.com

 

:: LEIA AQUI MAIS ARTIGOS SOBRE AS EMPRESAS NA MADEIRA ::

 

  • Descarregue o PDF completo do artigo –> [download id=”12937″ template=”Menapeças”]

 

 

 

PALAVRAS-CHAVE