Ver todas

Back

Romafe representa em exclusivo lubrificantes Rowe em Portugal e Espanha

12 Junho, 2020
2460 Visualizações

A Romafe introduziu no mercado português uma nova marca de lubrificantes premium, de origem alemã, com o nome Rowe. Esta é apenas uma das várias novidades que a Romafe deu a conhecer recentemente.

Em 2020 a Romafe decidiu apostar forte no setor automóvel. Criou para o efeito um departamento auto, que tem como responsável comercial Carlos Rosado, que contará com uma equipa comercial (parte dela exclusiva) para trabalhar os clientes de revenda. A empresa contratou também Miguel Ribeiro, que assumirá a função de gestor de produto nos lubrificantes, que terá a seu cargo a gestão da gama de produtos lubrificantes e químicos das áreas auto (ligeiros e pesados) e industrial, assim como o acompanhamento técnico e a gestão e coordenação da formação que a Romafe assegura aos seus parceiros.

Para além da SKF, Corteco e NTN-NSR, marcas com que a Romafe já trabalhava na área auto, surgem agora mais duas novidades: a UFI e a Rowe. A UFI é líder mundial na área da filtragem, sendo uma marca que dispensa apresentações no mercado português, enquanto a Rowe, estreia-se em Portugal pelas mãos da Romafe.

A marca Rowe é uma marca de lubrificantes de origem alemã, que a Romafe já tem o exclusivo para os mercados de Portugal e Espanha, que apresenta um posicionamento premium, sendo fabricante dos seus próprios produtos na Alemanha, fazendo ainda grandes investimentos em investigação e desenvolvimento. A gama de produtos Rowe (que está presente no TecDoc) é muito extensa, cobrindo todas as necessidades atualmente existentes no nosso mercado (em ligeiros e pesados), possuindo um enorme leque de aprovações.

Ainda este ano, a Romafe vai também introduzir mais duas marcas, uma na área da travagem e outra de embraiagens, que serão divulgadas oportunamente.

Para sustentar todo este negócio na área automóvel, a Romafe investiu também (no Porto), num armazém com 1500 m3, exclusivamente dedicado aos produtos para este setor, embora também todas as outras unidades logísticas da empresa espalhadas pelo país, irão ter stock de produtos para o setor auto.

Pode ler o artigo completo na edição nº57 da revista Pós-Venda.

 

PALAVRAS-CHAVE