Revista Pós-Venda
NotíciasPesadosContinental apresenta soluções de conectividade no IAA
Continental IAA

Continental apresenta soluções de conectividade no IAA

por

Veículos pesados mais seguros, eficientes e ainda mais convenientes: a Continental está a desenvolver tecnologias conectadas em veículos comerciais e vai apresentá-las no IAA, em Hannover.

 

Gestão de dados nas rodas: nos autocarros e camiões modernos, cerca de 170 sensores de gravação de dados, mais de 90 unidades de controlo electrónico processam informação e mais de 150 atuantes convertem os dados em movimentos mecânicos. Graças à internet, os dados podem ser facilmente partilhados e informação externa pode ser adicionada. Com o aumento da conectividade abre-se caminho para novas aplicações e serviços para melhorar a performance, a gestão de veículos, a logística e para a condução automatizada, explica a Continental.

A Continental vai apresentar vários exemplos na edição deste ano do International Motor Show Commercial Vehicles (IAA Commercial Vehicles) que vai ter lugar em Hannover. No Stand A06, Hall 17, os visitantes poderão ver por eles próprios como é que o ContiPressureCheck monitoriza constantemente a pressão e a temperatura dos pneus mesmo durante a condução. Este sistema ajuda a poupar combustível e reduz o risco de pneus furados. O sistema Dynamic eHorizon é um sensor que fornece ao veículo informação em tempo real, permite adaptar o desempenho e a performance do veículo à situação do trânsito num curto espaço de tempo. Isto permite maior poupança e segurança.

DYNAMIC eHORIZON

As previsões apontam para que os camiões equipados com o Dynamic eHorizon da Continental pouparam, desde 2012, cerca de 300 milhões de litros de combustível, ou o equivalente a 283 milhões de euros. O sistema utiliza dados topográficos da estrada e um sinal GPS para fornecer informação de controlo ao veículo sobre o estado do percurso mais à frente. Este processo permite adaptar automaticamente o estilo de condução e a velocidade do veículo à situação do trânsito. A Continental está constantemente a melhorar e a desenvolver este sistema. O estado final de desenvolvimento do Dynamic Horizon é um suporte de informação de alta precisão e constantemente atualizado.

Diversas aplicações serão apresentadas no IAA para demonstrar as vantagens deste sistema. Se os dados reportarem, por exemplo, um engarrafamento ou trabalhos na via, o Dynamic eHorizon transmite esta informação às unidades de controlo, que por sua vez rapidamente orientam o veículo para encostar ou para reduzir a velocidade. Ao fornecer rapidamente e em tempo real esta informação, o sistema não só poupa combustível, mas ajuda a prevenir acidentes avisando os condutores dos perigos iminentes, tais como uma fila de trânsito a seguir a uma curva. A tecnologia constitui uma importante base para a condução automatizada. O Dynamic eHorizon antecipa o que se passa mais à frente na estrada, permitindo que o veículo optimize todo o processo de condução.

Para além de outras fontes, o Dynamic eHorizon é alimentado por informação altamente precisa e no momento sobre o estado da estrada através do sistema Road Database, também ele desenvolvido pelo Continental. O princípio por detrás do Road Database é a utilização de informação recolhida por vários sensores de informação, que combinada permite criar uma imagem da estrada que possa ser percebida pela máquina. Os dados recolhidos são transmitidos via wireless para um processador, que compila a informação fornecida por diversos veículos, de forma a criar uma imagem da estrada que é transmitida a todos os veículos afectados.

MONITORIZAÇÃO DA PRESÃO DE PNEUS E CONTROLO DE CUSTOS

A baixa pressão dos pneus resulta frequentemente num aumento dos custos operacionais de camiões e autocarros. Nos testes efetuados nas suas pistas, a Continental conseguiu comprovar que o consumo de combustível acima dos 100 kms aumenta cerca de 0.7lt. quando os pneus estão por exemplo 2 bar abaixo da pressão recomendada. O stress do dia a dia a que os condutores estão sujeitos frequentemente os distrai de manter uma atenção constante na pressão dos pneus. O sistema ContiPressureCheck pode ajudar. Este sistema utiliza sensores colocados no interior do pneu que monitorizam constantemente a pressão e a temperatura em todos os pneus, durante uma viagem e em tempo real. Os dados são continuamente guardados e mostrados num display. Se a pressão dos pneus se desvia do valor padrão, o sistema emite um aviso imediatamente. Isto leva o condutor a tomar medidas para corrigir ou eliminar o problema e a restaurar os valores normais de pressão do pneu.

Este sistema, pelo seu lado, ajuda a reduzir o consumo de combustível e ao mesmo tempo aumenta o tempo de vida do pneu. Com o aumento da eficiência e do tempo de vida dos pneus, os custos operativos da frota reduzem. Os operadores podem reduzir os seus custos operativos em aproximadamente €1.200 por veículo anualmente, enquanto aumenta a segurança dos condutores e dos veículos. Graças à redução da emissão de CO2, o ContiPressureCheck contribui positivamente para a sustentabilidade ambiental. A medição contínua da pressão dos pneus aumenta ainda a segurança do veículo e reduz o risco de um pneu furado.

O ContiPressureCheck é rápido e fácil de instalar e pode ser reutilizado mais tarde quando os pneus forem mudados, é compatível com vários sistemas telemáticos. Está integrado no software de gestão de frotas VDO TIS-Web fleet da Continental – resultado de uma colaboração bem sucedida entre as unidades de negócio de Veículos Comerciais e o Aftermarket. Os gestores de frotas podem ver directamente no monitor a pressão e a temperatura dos pneus. Podem utilizar esta informação para reagir proativamente à pressão demasiado baixa dos pneus e que consequentemente compromete a carcaça para o tempo de vida útil do pneu.

Mais informações neste link.

Nº de visitas: 74 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Miraflores Office Center - Rua Santa Teresa do Menino Jesus, nº 6, Escritório 7ºE. 1495 - 048 Miraflores

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Calendário de eventos

Voltar para Topo