Ver todas

Back

ACAP / CEDP lançam campanha de sensibilização sobre pneus usados

7 Setembro, 2020
551 Visualizações

O pneu usado, muito comum no negócio de retalho de pneus em Portugal, levou a ACAP e a sua Comissão Especializada de Distribuidores de Pneus a realizar uma campanha alertando os condutores para o impacto na segurança rodoviária decorrente da compra deste tipo de pneus.

A ACAP – Associação Automóvel de Portugal, através da sua Comissão Especializada de Distribuidores de Pneus (CEDP) prepara-se para lançar uma campanha de sensibilização, a nível nacional, denominada “Pneu usado, só testado e facturado”, através da qual se pretende alertar os automobilistas para o impacto na segurança rodoviária decorrente da compra de pneus usados, que embora visivelmente em bom estado, por terem um passado desconhecido ou duvidoso, possam representar um risco para os automobilistas, caso as suas condições de segurança, não tenham sido devidamente testadas por especialistas.

Atendendo ao período de férias e na preparação do regresso às escolas, esta Campanha chama a atenção para diversos perigos em que os automobilistas e as suas famílias podem incorrer na compra de pneus nas condições acima referidas, designadamente, perigo de rebentamento, perda de aderência, resultante da profundidade reduzida (e ilegal se inferior a 1.6mm), aumento da distância de travagem e aquaplaning.

A verificação das condições de segurança das viaturas que circulam no nosso país e a redução da sinistralidade rodoviária, são os objectivos fundamentais desta iniciativa, dado que “o pneu é o único elemento de contacto do veículo com o solo e que permite que o mesmo possa curvar e travar eficazmente” conforme sublinha Manuel Félix, coordenador da CEDP/ACAP. Este responsável, recomenda ainda que “devem ser verificadas e testadas, por um profissional, todas as condições de segurança que possam ter sido afectadas pela perda das qualidades originais e os danos não visíveis do pneu usado”.

Complementarmente, se as condições de segurança do pneu usado não estiverem salvaguardadas, esta opção pode sair cara aos automobilistas em caso da ocorrencia de sinistro, pelo que a CEDP/ACAP aconselha que a aquisição do pneu seja suportada por uma factura, para salvaguarda da garantia e dos direitos que a mesma representa para os consumidores.

A Campanha de sensibilização “Pneu usado, só testado e facturado”, será também activamente difundida junto dos clientes das empresas associadas da CEDP/ACAP, para que a mesma possa abranger toda a cadeia de valor do mercado de pneus em Portugal e, assim, chegue a um maior número de automobilistas portugueses.

A CEDP, constituída em 2017 sob alçada da Divisão do Pós-Venda Automóvel Independente da ACAP, é constituída pelos distribuidores grossistas de pneus que actuam em território nacional, tendo como principal missão a sua representação institucional, a dinamização e promoção do sector junto do mercado, entidades e opinião pública, prestando assessoria informativa e formativa no âmbito da sua atividade e dentro do sector dos pneus onde se insere.

PALAVRAS-CHAVE