Ver todas

Back

ALD Automotive conclui aquisição da LeasePlan

23 Maio, 2023
1375 Visualizações

Ventos de mudança sopram também para os lados das entidades gestoras de frota, com o anúncio de que a ALD Automotive acaba de concluir, com sucesso, a aquisição da LeasePlan, com efeitos também em Portugal.

Esta importante aquisição, liderado pela TDR Capital, representa uma mudança radical no mercado, posicionando o grupo combinado como líder global em mobilidade sustentável, com uma frota total de 3,3   milhões de veículos geridos em todo o mundo.

Ao unir forças, a ALD Automotive e a LeasePlan irão liderar o caminho para as zero emissões líquidas e continuar a moldar a transformação digital da indústria. A entidade combinada beneficiará da dimensão e das capacidades complementares para reforçar a sua competitividade e assegurar um crescimento contínuo.

Em Portugal, refira-se que a apenas a LeasePlan passará a fazer parte do novo Grupo. Cumprindo os compromissos assumidos no âmbito do apuramento pela Comissão Europeia da aquisição da LeasePlan, a ALD celebrou um acordo de compra e venda de ações para a venda da ALD Automotive em Portugal à Leasys, joint venture entre o Crédit Agricole Consumer Finance e a Stellantis. Após a conclusão da sua venda à Leasys, a ALD Automotive em Portugal acabará por alterar o seu nome.

Para liderar o desenvolvimento estratégico em Portugal, Tim Albertsen, Chief Executive Officer da ALD Automotive | LeasePlan, nomeou António Oliveira Martins, Diretor Geral da LeasePlan em Portugal, para continuar a liderar o negócio em Portugal como Country Managing Director. Esta nomeação tem efeitos imediatos.

Será apoiado por Anne-Cécile Huet, até ao momento Diretora Geral da ALD Automotive na Noruega, que foi nomeada Diretora Geral Adjunta em Portugal. Esta nomeação tem efeitos a partir de junho.

António Oliveira Martins e Anne-Cécile Huet estão entre os principais talentos identificados na ALD Automotive e na LeasePlan, que se encontram mais bem preparados para implementar o exigente plano de integração da entidade combinada, e para concretizar com sucesso o desenvolvimento estratégico planeado para os próximos meses e anos.

Refira-se ainda que esta medida não deixará de ter impacto no negócio pós-venda, atendendo aos diversos acordos que existem entre estas empresas e uma série de oficinas e redes oficinais.

PALAVRAS-CHAVE