Ver todas

Back

Eletrocar: Do ligeiro ao pesado

30 Novembro, 2020
254 Visualizações

Ter um espaço dedicado à manutenção e reparação e manutenção de veículos pesados, de modo a autonomizar o serviço para este tipo de veículos foi o objetivo da Eletrocar com a inauguração de um novíssimo espaço oficinal.

TEXTO PAULO HOMEM

Ofato de já ter nascido com o “bichinho” pela mecânica, levou Vasco Moderno a seguir uma vida profissional ligado ao ramo. Depois de um percurso profissional associado a alguns familiares e tendo em conta que na região não existia ninguém a trabalhar de forma dedicada o setor da eletricidade auto, Vasco Moderno e a sua esposa Patrícia Faria, decidem fundar a Eletrocar (fevereiro de 2016), com serviços de mecânica e eletricidade. Apesar de o espaço ser dedicado a ligeiros, a verdade é que nessa oficina já se fazia serviços em pesados (existindo mesmo experiência em tacógrafos), mas não existiam condições físicas para tal. É assim que, quatro anos depois (já em 2020), os responsáveis Eletrocar inauguraram um novo espaço oficinal, exclusivamente dedicado aos pesados, no Parque Industrial da Guia (Pombal), passando dessa forma a fazer serviços de eletricidade (que são a especialização da casa), tacógrafos, mecânica geral, telemática e gestão de frotas, ar condicionado, entre outros serviços, incluindo a venda de peças.

“Com o novo espaço dedicado aos pesados, decidimos alargar o leque deserviços que podemos disponibilizar aos clientes, já que criamos as condições para esse  efeito”, revela Patrícia Faria, explicando que “o cliente tem confiança no nosso serviço e já nos pedia que alargássemos a nossa oferta, pelo que sentimos a responsabilidade de lhes proporcionar melhores condições para trabalhar os pesados de forma completamente autónoma do serviços de ligeiros”.

É assim que nasce um espaço de quase 300 m2, amplo e adequado à manutenção e reparação de veículos pesados, onde trabalham três profissionais, numa equipa de seis pessoas que trabalham nas duas oficinas da Eletrocar, em horários adaptados às necessidades dos clientes, nomeadamente aos fins-de-semana. “Sabemos que muitos dos clientes não podem parar os seus camiões ao longo da semana, pelo que ter a oficina aberta aos sábados é muito importante”, refere Patrícia Faria, referindo que algum do trabalho é feito fora de portas nas instalações do cliente. Por isso, uma das apostas da Eletrocar vai ser na telemática, pois entendem os seus responsáveis que isso irá facilitar muito a relação com os seus clientes aos nível da assistência, á que permitirá ser muito mais efetivo no serviço prestado fora de portas. “O diagnóstico remoto será claramente o futuro e nós queremos desenvolver serviços nessa área”, refere a gerente da Eletrocar.

Um dos serviços que a Eletrocar disponibiliza é a venda de peças ao exterior. Para além da aposta em stock, como forma de servir o cliente rapidamente, Patrícia Faria explica que “também comercializamos peças para os nossos clientes com preços muitos competitivos, pois sabemos que muitos deles têm também oficinas próprias. O nosso objetivo é fazer sempre o serviço, mas se o cliente precisar apenas de peças nós temos em stock para vender”.

Apesar da muita experiência e conhecimento que a empresa detém, a verdade é que a aposta na formação é uma constante. “Recorremos a diversas fontes de aprendizagem para estamos permanentemente atualizados, como também investimos muito ao nível dos equipamentos, sobretudo de diagnóstico”, diz a responsável da Eletrocar que reconhece que “o investimento nestas áreas é permanente, até como forma de estarmos um passo à frente, pois a evolução nesta área é constante”.

Com o crescimento das redes oficinais no setor dos ligeiros e do pesados, e apesar das propostas recebidas, Patrícia Faria disse que a Eletrocar desenvolveu a sua imagem e que a pretendeu manter nesta fase, embora reconheça que “no futuro, nomeadamente ao nível dos pesados, não colocamos de parte essa hipótese, mas de momento não sentimos essa necessidade, até porque trabalhamos de acordo com as nossas ideias. Estar numa rede tem coisas boas e menos boas e se outros prestam um serviço menos bom, as restantes oficinas dessa rede também são prejudicadas por isso”. Com uma postura de seriedade e confiança, angariada junto dos clientes nos últimos anos, a responsável da Eletrocar está muito otimista no desenvolvimento do negócio no futuro até porque “conhecemos as necessidades dos clientes.

Queremos que o cliente tenha o seu veículo de volta o mais rápido possível, fazendo o serviço com um preço competitivo sem descurar a qualidade. Uma das nossas vantagens é que realizamos os nossos serviços com gosto e isso também é importante”. A Eletrocar vai continuar a apostar na comunicação para os seus clientes, também através das redes sociais, como forma de dinamizar ainda mais os seus serviços e produtos.

Eletrocar
Guia (Pombal)
Patrícia Faria / Vasco Moderno
236 027 573
geral@eletrocar.pt
www.eletrocar.pt

PALAVRAS-CHAVE