Ver todas

Back

Expomecânica 2021 recebe mais de 15 mil visitantes

20 Outubro, 2021
492 Visualizações

A 7.ª edição do Expomecânica, Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto recebeu 15.196 profissionais do setor durante os três dias de feira. O salão segue, assim, reforçado para a edição 2023.

«Desde que faço a feira, tivemos seguramente o melhor dia inaugural (sexta-feira) de sempre, em termos de visitantes. Muitos expositores trabalharam no sentido de trazerem antecipadamente os seus clientes à feira, pois, tradicionalmente, os dias de sábado e domingo acabam por ser os mais concorridos. A qualidade dos contatos, mais até que o fluxo de visitantes, foi um dos aspectos que mais agradou aos expositores», referiu José Manuel Costa, diretor-geral da Kikai Eventos, no balanço do primeira expoMECÂNICA marcado pelo contexto pandémico.

Apesar do desconfinamento, eram muitas as dúvidas sobre o índice de visitação naquele que é o mais representativo acontecimento de negócios do pós-venda automóvel nacional. Pois bem, a estatística final desfê-las. O certame recebeu um total de 15.196 profissionais do setor durante os três dias, ou seja, menos 839 visitantes que na edição precedente.

«Tendo em conta a atual conjuntura, ainda marcada por muitas cautelas e receios de contacto, a descida no número de visitas é por nós vista como uma medalha para todos aqueles que acreditaram e fizeram questão de marcar presença», argumenta o responsácel máximo da Organização.

A feira contou com a participação de 214 empresas e entidades, distribuídas por três pavilhões (ou seja, 16 mil metros de área ocupada). Mas o expoMECÂNICA 2021 conseguiu muito mais, um reencontro – aguardado e feliz – do setor em torno da grandiosidade e dinamismo da sua feira. «Estamos perante uma feira que manteve os padrões da edição anterior. Quem esteve, conseguiu posicionar-se ao mais alto nível», evidenciou José Manuel Costa.

Segundo, ainda, a Organização, «esta edição prova a vontade enorme de todos estarem presentes, sem prejuízo, naturalmente, de toda a atividade digital, mas o presencial mantém o seu espaço. Se pensarmos em todos os que responderam à chamada e estiveram aqui, é porque, de facto, havia algo latente no setor, que o clima de pandemia, foi adiando, mas que, finalmente, viu-se concretizado aqui na feira», secundou o diretor-geral da Kikai Eventos.

«Este reencontro é a evidência que tinham necessidade de estarem uns com os outros. A oferta e a procura reencontraram-se na feira, perspectivando-se nos próximos meses bons negócios. Em suma, cumpriu-se o que é uma das utilidades da feira. Ou seja, proporcionar encontros/contatos e potenciar negócios. Esta edição permitiu ainda perceber que é seguro fazer feiras. O balanço é muito positivo», complementa, ainda.

Formação ao vivo 
A oferta formativa ao vivo continuou a cativar os profissionais do setor que visitaram a feira. «Mantivemos a mesma oferta formativa, reforçando alguns daqueles que já são os núcleos centrais da feira em termos de espaços de demonstração e debate. Um esforço que ficou bem evidente na resposta, mais uma vez, expressiva de todos os expositores e entidades que organizaram atividades e nos profissionais que participaram».

A Kikai Eventos vê assim reforçada a posição do Salão de Equipamentos, Serviços e Peças Auto e segue para a 8.ª edição daquela que é a maior montra nacional do aftermarket automóvel nacional.

PALAVRAS-CHAVE