Ver todas

Back

“Há peças neste momento esgotadas na origem e no aftermarket”, Paulo Torres, Vieira & Freitas

20 Agosto, 2021
1080 Visualizações

A Vieira & Freitas está, por tradição muito vocacionada para o setor de peças auto elétricas e elátronicas. Fomos saber, junto de Paulo Torres, gerente da empresa, como está a dificuldade do abastecimento de peças e os efeitos que isso tem no mercado.

Que efeitos está a ter na vossa atividade a dificuldade de abastecimento de peças junto dos vossos fornecedores?
Decorrente de toda esta situação pandémica, os fornecedores estão a ter falhas de stock com alguma relevância.

Que alternativas foram levadas à prática para compensar essas dificuldades?
Temos que programar os nossos stocks com mais cuidado, eventualmente reforçar certas linhas.

Que tipologia de peças foram mais afetadas por esse problema?
Todas em geral, mas provavelmente a electrónica tem sido mais penalizada.

Poderão os preços das peças aumentar até final do ano e em 2022?
Sim, os preços estão a aumentar, consequência de aumentos de matérias primas e custos de transporte principalmente contentores.

Poderão os carros permanecer em média mais tempo em oficina à espera de peças?
Penso que sim, há peças neste momento esgotadas na origem e no aftermarket, ou seja, não se arranjam nos mercados.

Existe alguma previsão, por parte dos vossos fornecedores, para este problema deixar de existir e voltar-se à normalidade que existia até finais de 2019?
É um problema global, principalmente da China, o regresso à normalidade é tão imprevisível como o regresso à normalidade social como existia em 2019. Está tudo dependente reciprocamente.

PALAVRAS-CHAVE