Ver todas

Back

IMA Ibérica preparada para o eCall

7 Julho, 2017
449 Visualizações

A IMA Ibérica é especialista em atender chamadas de emergência eCall, um serviço que será obrigatório a partir de 2018.

O eCall, cuja implementação será obrigatória nos veículos fabricados na UE a partir do próximo ano, envia uma chamada de alerta automático em caso de acidente com o automóvel. A Comissão Europeia estima que este método possa salvar até cerca de 10% das vítimas mortais na estrada, uma vez que reduz os tempos de resposta dos serviços de emergência.

O Grupo IMA, que conta com vários anos de experiência na gestão destes avisos em toda a Europa, defende a colaboração com as autoridades, centros e emergência e plataformas TPS (Third Party Supported eCall) em todos os países onde se aplica a norma.

Os alertas gerados pelo eCall, cada vez mais numerosos, recebem um tratamento especial na plataforma da IMA Ibérica, onde este tipo de avisos tem prioridade sobre todos os outros.

Como tal, a IMA Ibérica Assistência prepara-se para aquele que se prevê já como o ano com mais turistas da história, e como tal, para a época com mais atividade na sua plataforma.

IMA Ibérica preparada para o aumento da circulação nesta época de verão

Como todos os dados indicam, 2016 foi o ano do turismo internacional, mas eis que chega 2017 para superar o ano anterior. O ano começou em força para tirar importância a 2016 e inclusivamente superar a sua tendência.

Nos primeiros 4 meses do ano, Portugal foi visitado por cerca de 5,3 milhões de turistas, 10,9% mais do que no mesmo período do ano anterior, algo que já se nota no setor dos serviços. Os dados superam mesmo as expetativas mais otimistas dos especialistas: a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, afirmou que a meta estabelecida na Estratégia Turismo 2027 previa um crescimento de 8 pontos percentuais, mas se continuarmos a manter a tendência atual, iremos alcançar 10% com 21 milhões de turistas, uma subida que se deve sobretudo ao turismo estrangeiro.

O setor turístico consolida-se já como um dos motores da economia nacional. Os 19,1 milhões de turistas que nos visitaram em 2016 são a prova do excelente estado de saúde do nosso setor turístico, que se apoia noutros fatores, como a situação de insegurança em países que competem com Portugal ou a tendência de melhoria económica internacional.

Nesta conjuntura económica favorável e otimista, os dados dos diversos operadores também confirmaram o bom momento que vive o nosso turismo. É o caso da IMA Ibérica, empresa especializada na prestação de serviços de assistência médica e técnica a pessoas e veículos. A partir da sua plataforma, os seus profissionais fazem uma gestão integrada de todo o processo para solucionar qualquer incidência ou imprevisto, desde chaves perdidas do automóvel até repatriações por doença. São responsáveis por garantir que um contratempo tenha o menor impacto possível na vida do segurado, especialmente quando está de férias. A companhia presta os seus serviços a companhias estrangeiras sem sede na Península, assim como as companhias espanholas e portuguesas que se apoiam na rede internacional do Grupo IMA – a que pertence a IMA Ibérica Assistência – e trabalha já com empresas de mais de 15 países diferentes.

Nos meses de verão, a sua atividade aumenta para praticamente o triplo do volume habitual de pedidos recebidos, os quais 40% são de pessoas estrangeiras. Estes dados estão diretamente relacionados com a grande afluência de turistas que temos tido. A IMA Ibérica viu os pedidos de assistência aumentarem em 17,4% durante a época de verão de 2016, a mais intensa dos seus 28 anos de história, em relação ao mesmo período de 2015, e este ano a tendência deve manter-se.

Para fazer face a este grande crescimento, a empresa irá ampliar significativamente a sua equipa durante o período estival. Os técnicos que fazem parte da equipa são colaboradores habituais da entidade, profissionais que dominam vários idiomas e que todos os anos colaboram nas etapas de maior atividade. A equipa da IMA Ibérica tem uma antiguidade média de 10 anos, e todos os seus membros estão qualificados para atender uma chamada de pedido de assistência.

Neste sentido, os próprios agentes da plataforma dão grande importância a atender o cliente na sua língua materna neste tipo de intervenções: “Na IMA Ibérica, atendemos situações de todo o tipo em que, na maioria dos casos, os nossos clientes estão a passar por estados de agitação e nervosismo. Se habitualmente já é complicado tratar destes casos, é ainda mais complicado quando temos de explicar uma situação num idioma que não é o nosso. Como tal percebemos que em cada intervenção se cria um clima de confiança onde o cliente se sente mais confortável e é capaz de manter a calma mais facilmente.” Na plataforma os pedidos são geridos em mais de uma dezena de idiomas, e inclui perfis que se ocupam de até 4 e 5 línguas distintas.

PALAVRAS-CHAVE