Ver todas

Back

Opel apresenta novo Vívaro Electric

2 Fevereiro, 2024
253 Visualizações

A Opel apresentou, esta semana, o novo novo Vivaro Electric, com autonomia até 350 km e com a nova imagem de marca Opel Vizor.

Com um total de 18 sistemas de assistência de última geração, incluindo o Dynamic Surround Vision, todas as deslocações se tornam mais seguras e agradáveis. No interior, os ocupantes do Vivaro dispõem de um novo habitáculo: os novos sistemas de infoentretenimento, desenvolvidos com base na plataforma Snapdragon Cockpit da Qualcomm Technologies, com dois ecrãs de 10 polegadas e conetividade sem fios para smartphones, oferecem inúmeras opções de personalização.

Com o novo Vivaro, a Opel continua a sua ofensiva de eletrificação, tornando-se mais moderno, mais sustentável e, acima de tudo, com maior autonomia. O novo Vivaro Electric oferece até 350 quilómetros de autonomia de condução sem emissões locais (de acordo com o WLTP1). Também única neste segmento é a “e-Power Take-off Unit”/“Unidade e-Tomada de Energia”, que pode ser utilizada para alimentar outros dispositivos eléctricos com energia da bateria de tração. O novo Vivaro também está disponível como um veículo de transporte a pilha de combustível de hidrogénio, agora num nível mais avançado. Por conseguinte, cada empresa pode optar pelo tipo de propulsão que preferir.

O novo Opel Vivaro Electric está disponível com uma bateria de 50 kWh ou 75 kWh. Com a bateria de 75 kWh, mais desenvolvida, a bordo, é possível uma autonomia de até 350 quilómetros (WLTP) sem paragens para carregamento, ou seja, mais 20 km do que anteriormente. Para garantir uma condução particularmente eficiente em termos energéticos, o Vivaro Electric dispõe de um sistema de travagem regenerativa que pode ser ajustado em três níveis de recuperação utilizando as patilhas de passagem de caixa atrás do volante. O veículo elétrico pode ser carregado rapidamente com o carregador de bordo de 11 kW, montado de série. Numa estação de carregamento rápido de 100 kW DC, é necessária uma curta paragem de cerca de 38 minutos para a bateria de 50 kWh, e uma paragem de 45 minutos para a bateria de 75 kWh, de forma a carregar entre 5 a 80 por cento da capacidade da bateria.

O novo Vivaro Electric é alimentado por um motor elétrico de 100 kW/136 cv. O binário máximo de 260 Nm está disponível desde o primeiro toque no acelerador, permitindo que o furgão sem emissões locais acelere rapidamente até uma velocidade máxima de 130 km/h. Dependendo das suas preferências, os condutores podem escolher entre três modos de condução: Normal, Eco e Power.

Uma novidade absoluta é a possibilidade de utilizar a bateria de tração como fonte de energia para outros dispositivos elétricos. Isto funciona através da “e Power Take-off Unit”/“e-Tomada de Energia” (inicialmente com 400 V), que pode ser ligada ao veículo. Desta forma, não são necessárias baterias ou geradores adicionais. Além disso, com uma altura de cerca de 1,90 metros, o Vivaro Electric adequa-se ao estacionamento subterrâneo e, graças à prática conceção da bateria sob o piso, oferece uma versatilidade total em termos de utilização do espaço e de volume de carga.

Para os que pretendem uma condução zero emissões locais e um “reabastecimento” ainda mais rápido, a Opel irá oferecer, no futuro, o Vivaro HYDROGEN, agora mais desenvolvido. O veículo a pilha de combustível tem uma autonomia de mais de 400 km (WLTP1) e pode ser reabastecido com hidrogénio em apenas alguns minutos. Motores diesel altamente eficientes com potências entre 88 kW/120 cv e 130 kW/177 cv completam a gama.

A gama de variantes de carroçaria é tão ampla como a de grupos propulsores: o novo Vivaro está disponível em dois comprimentos (4,98 m e 5,33 m), nas versões furgão de caixa fechada, crew cab (cabine dupla) e chassis-plataforma para adaptação a diversos formatos de carroçaria. Consoante a versão, o novo Vivaro oferece até 6,6 metros cúbicos de volume de carga e 1,4 toneladas de carga útil. O novo Opel Vivaro já está disponível para encomenda.

PALAVRAS-CHAVE