Ver todas

Back

Programas de fidelização oficinal (pneus)

16 Maio, 2022
180 Visualizações

Não sendo possível a qualquer oficina dedicar-se a uma única marca de pneus, a verdade é que os programas de fidelização podem trazer vantagens acrescidas desde que exista uma estratégia bem definida.

TEXTO PAULO HOMEM

Depois de na passada edição falarmos aqui sobre os programas de fidelização propostos para empresas de lubrificantes, desta feita trazemos os programas de fidelização dirigidos sobretudo às casas de pneus, mas também a algumas oficinas de mecânica que têm uma aposta muito concreta no serviço de pneus. Nem todos os programas de fidelização são iguais mas na génese do seu desenvolvimento existe sempre uma premissa de parceria entre um distribuidor de pneus e a oficina que, no fundo, poderá ser benéfico para ambos.

Da parte do distribuidor de pneu a noção de fidelização da oficina é muito importante numa lógica de estabilização e de escala no negócio. Por parte da oficina, fidelizar-se a uma determinada marca (que faz parte de um programa de fidelização) pode-lhe trazer vantagens diretas (melhorar a compra, ter a imagem de um determinado construtor de pneus, etc) e indiretas, como seja, a ajuda na dinamização do ponto de venda (marketing) ou até o acesso a formação, etc. Alguns dos programas de fidelização de pneus chegam a mesmo a ser autênticas redes oficinais (neste trabalho temos dois exemplos), onde o nível de fidelização atinge outros patamares e outro tipo de compromissos. Logicamente que o nível de compromisso com um programa de fidelização poderá ser tanto maior quando maiores forem as compras, podendo a oficina chegar a outros níveis de benefícios.

Porém, dever-se-á ter sempre em atenção que a adesão a um programa de fidelização, deverá ser sempre sustentado por uma decisão estratégia de longo prazo, estruturada, pensada e numa lógica de desenvolvimento, que não deverá ter como único benefício comprar melhor, mas sim obter outro tipo de apoios ao nível do marketing, formação, acompanhamento técnico e informação, etc. De seguida poderá ficar a conhecer a grande maioria dos programas de fidelização que estão a ser dinamizados ativamente em Portugal.

Consulte aqui o artigo completo.

Artigo publicado na Revista Pós-Venda n.º 78 de março de 2022. Consulte aqui a edição.

PALAVRAS-CHAVE