Revista Pós-Venda
NotíciasOutrosSinistrauto: Acompanhar as tendências
Sinistrauto

Sinistrauto: Acompanhar as tendências

por

A DEKRA-Sinistrauto possui uma das maiores redes independentes de peritos a nível nacional, apresentando constantemente novas soluções tecnológicas ao mercado.

A Sinistrauto, empresa pertencente à DEKRA, dispõe de uma rede de peritos avaliadores e averiguadores com elevada experiência na área dos sinistros. “Cada uma destas valências requer um perfil diferenciado, em que os peritos avaliadores têm pleno domínio técnico das operações necessárias para reparar um automóvel e capacidade para as quantificar, enquanto o perito averiguador detém experiência e conhecimento que lhe permite recolher todas as informações que são relevantes para a definição da responsabilidade num sinistro rodoviário”, explica Nuno Almeida, Diretor Geral da Sinistrauto.

Esta é uma forma de as seguradoras terem ao dispor um leque de serviços técnicos que auxiliam o controlo de custos com sinistros. “São inúmeras as vantagens inerentes à contratação externa, nomeadamente a independência e o facto de as seguradoras poderem beneficiar do investimento contínuo em formação, tecnologia e inovação”. As oficinas também recorrem com frequência aos serviços técnicos da DEKRA-Sinistrauto, perante reclamações de clientes face a reparações defeituosas em que é necessária uma análise técnica independente para aferir as causas, circunstâncias e responsabilidade pela ocorrência de uma determinada avaria ou dano.

Nuno Almeida lembra que o papel da empresa é também o de contribuir no sentido de gerar confiança entre todas as partes envolvidas numa situação de sinistro, por forma a reduzir a desconfiança das partes relativamente ao processo. “Analisamos a informação inerente aos sinistros do ponto de vista técnico, com a finalidade de que os danos sejam reparados com absoluto respeito pelas normas de segurança e de qualidade, pelo seu justo valor, sem descurar o fenómeno da fraude”.

O responsável explica que a relação dos peritos com as oficinas e com o cliente final prima pela “objetividade, afastando sempre quaisquer aspetos de índole pessoal das decisões e pareceres técnicos que são emitidos, que se baseiam sempre em factos de natureza técnica.”

PERITOS

A DEKRA-Sinistrauto privilegia técnicos com formação superior, nomeadamente nas áreas da Engenharia Automóvel e Mecânica, e valoriza também a experiência oficinal e a capacidade de adaptação tecnológica, tanto do ponto de vista do automóvel, como das ferramentas IT inerentes às funções. A distribuição dos peritos a cada sinistro é feita de acordo com critérios como a localização geográfica e o perfil técnico do perito, face às características do sinistro ou avaria. A DEKRA-Sinistrauto tem profissionais externos e outros pertencentes à empresa: “privilegiamos muito a integração de peritos no quadro da empresa, em função do seu grau de formação e experiência. A maioria das peritagens são realizadas por peritos pertencentes à empresa”. Nas regiões do interior do país, existe uma tendência para a utilização de técnicos externos, devido ao pouco volume existente.

Quanto ao futuro, Nuno Almeida é da opinião que “a vídeo-peritagem só irá abranger uma fatia do mercado, uma vez que as reparações de média e grande dimensão continuarão a requerer a intervenção de um perito, tanto no formato tradicional, como na modalidade de auditoria técnica. Por outro lado, a peritagem remota continuará a requerer a existência de peritos, que nesta vertente realizarão a sua função em backoffice, com uma capacidade de produção bastante superior, eficiente e mais independente, na medida em que se reduzem custos com deslocações”.

Fraude

Quais são as situações fraudulentas mais comuns?

“Identificamos situações relacionadas com a participação de danos não enquadráveis nos sinistros ocorridos, não sendo de descurar ainda os acidentes simulados e alguns até com viaturas já intervenientes noutros sinistros como perda total. A fraude inerente à quebra de vidros representa também uma quota muito importante”.

Como é feita a deteção de fraudes?

“Pela conjugação dos diversos elementos recolhidos pelo averiguador na execução do seu trabalho que posteriormente, na linha cronológica do sinistro, permitirá constatar onde estão as falhas”.

De que forma as novas tecnologias auxiliam na deteção de fraudes?

As novas tecnologias constituem importantes ferramentas de apoio ao averiguador, nomeadamente a classificação do índice de risco do sinistro e a existência de algoritmos que permitem despoletar alertas mediante determinadas circunstâncias. A componente tecnológica tem vindo a evoluir bastante, no que diz respeito à deteção e combate à fraude, cada vez mais assente em modelos preditivos. A DEKRA-Sinistrauto irá lançar no mercado português, em 2019, ferramentas que ajudarão em muito o combate à fraude e que já foram testadas e utilizadas com sucesso noutros países pelo Grupo DEKRA”.

Formação

Como tem evoluído a formação na DEKRA-Sinistrauto?

“A DEKRA, acreditada pela DGERT desde 2016, está a analisar esta vertente do mercado, no que diz respeito à constituição de uma oferta formativa vocacionada para o setor automóvel com uma importante componente prática e com conteúdos adaptados às atuais necessidades das empresas do setor. Estamos a apostar na formação da nossa rede técnica na área dos híbridos e elétricos, cuja representatividade tem vindo a aumentar nas nossas estradas”.

Sinistrauto
Lisboa
214 153 550
geral@sinistrauto.pt
www.sinistrauto.pt

Nº de visitas: 23 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com