Ver todas

Back

SKF informa sobre perigos dos produtos contrafeitos

29 Abril, 2021
542 Visualizações

A SKF dinamizou hoje um webinar, em duas sessões, focado na falsificação de produtos originais.

Kjetil Eliassen, Brand Protection Manager e Saim Manto, Brand Protection Manager, explicaram de que forma a SKF trabalha com a protecção da marca e a importância de utilizar produtos genuínos. “A SKF disponibiliza produtos inovadores que aumentam o desempenho dos veículos e a sua fiabilidade, melhoram a eficiência e a performance, o que também aumenta a confiança dos nossos clientes na marca. A utilização de produtos contrafeitos pode danificar outros componentes do veículo, o que obriga a paragens e custos associados”, indicou Kjetil Eliassen. “É importante evitar os fornecedores de produtos contrafeitos, que apenas procuram o lucro a curto prazo e não estão interessados em ajudar as empresas a conseguir o bom funcionamento dos componentes, ou a ter um controlo de custos, nem promovem a segurança”, indicou Kjetil Eliassen.

Kjetil Eliassen lembrou também que a SKF disponibiliza uma APP onde é possível confirmar a autenticidade de uma peça, em três passos, que incluem o envio de imagens da embalagem e do produto. “Estima-se que 3,3% de todas as vendas entre países são de produtos contrafeitos. É possível mudarmos isto, e tudo começa ao escolhermos o fornecedor correto”. Lembra que não é tarefa do mercado avaliar se um produto é contrafeito ou não, e que os clientes devem utilizar o conhecimento da marca, através do uso da APP, para confirmar a autenticidade de um produto.

Em relação à correta escolha de um fornecedor, o responsável explica que a marca tem “confiança nos nossos distribuidores oficiais, por duas razões: temos um acordo com todos os nossos parceiros e, além disso, temos um programa de auditorias, que significa que, sempre que a nossa equipa viaja pelo mundo, tem como prioridade visitar os nossos distribuidores oficiais, por forma a perceber aquilo que têm em stock”. Recordou também que “o preço não é necessariamente um indicador de que o produto é contrafeito ou genuíno, mas sim de quem é o vendedor do produto. Temos exemplos de locais do mundo onde o preço é mais baixo nos produtos contrafeitos, mas também temos locais onde o preço é praticamente igual ao produto original ou onde é vendido mais caro do que o original”.

“A protecção dos direitos de marca registada é essencial para manter uma marca forte e, de facto, a SKF está firmemente posicionada como o principal fabricante de rolamentos para todas as áreas da indústria, em todos os mercados. No que respeita à protecção da marca, a SKF tem uma abordagem única, construída em torno da prevenção e protecção dos clientes contra a compra de produtos falsificados da SKF. O envolvimento operacional e a competência na verificação de produtos, na sensibilização e na remoção de produtos falsificados do mercado, é o que torna a protecção da marca SKF única entre os proprietários de marcas registadas”, indica fonte da SKF.

Mais informações através deste link.

PALAVRAS-CHAVE