Ver todas

Back

Testes de laboratório independentes mostram diferença de 40% no desempenho de turbos Honeywell para aftermarket e réplicas

3 Agosto, 2017
393 Visualizações

A Transportation Systems anunciou os resultados de um estudo que indica que os turbos de aftermarket construídos de acordo com as especificações originais possuem emissões significativamente melhores de performance CO2 e NOX do que as cópias não originais. Os resultados provêm de um estudo de laboratório independente encomendado pela Honeywell.

O teste aos vários turbos foi realizado no Reino Unido pelo Millbrook Group. O estudo usou dois turbos homologados construídos de acordo com as especificações originais do equipamento (OE Fit) da marca Honeywell Garrett, assim como um concorrente para comparar com as unidades terceirizadas mais vendidas da Europa, que foram recondicionados sem qualidade certificada de fábrica.

Os resultados indicam:

  • O binário a baixas rotações foi menor em 15% a 40% numa réplica, comparativamente aos turbos OE Fit;
  • As emissões NOx das réplicas foram entre 8% a 28% mais altas do que nos turbos OE Fit;
  • As emissões CO2 emissions de algumas réplicas foram cerca de 3% superiores, entre 2.0g/km e 4.5g/km comparativamente aos turbos OE Fit, ou o equivalente a utilizar 1 litro adicional de combustível por cada depósito de combustível.

“Os resultados deste estudo independente são uma clara indicação da razão pela qual os turbos genuínos Garrett da Honeywell são a melhor proposta de valor para distribuidores, oficinas e clientes finais”, disse Eric Fraysse, Vice-presidente e General Manager da Honeywell Transportation Systems. “Embora este teste tenha sido feito usando o New European Driving Cycle (NEDC), esperamos que o desempenho e o hiato das emissões fossem ainda maiores se fosse utilizado o Worldwide Light Duty Test Cycle (WLTC)”.

Homologações na Europa

Nos últimos meses, as agências reguladoras da Alemanha, Espanha e Itália fizeram declarações que apoiam a inclusão de turbocompressores entre componentes automóveis relevantes para homologação. O papel do turbocompressor é significativo porque ajuda a alcançar metas ambientais estabelecidas, o que pode ser comprometido por turbos de aftermarket não genuínas.

PALAVRAS-CHAVE