Ver todas

Back

Usados: vendas em 2021 caíram 11%

27 Junho, 2022
490 Visualizações

De acordo com o “Market Report” do Standvirtual, no ano de 2021, os registos de propriedade assinalam um decréscimo de -35% no mercado de novos e de -11% no mercado de usados face ao pré-pandemia, com ligeira recuperação dos novos (+0,8%) e estabilização (-0,6%) dos usados em relação a 2020.

O relatório indica também que os preços médios aumentaram +14% no ano passado. Carros novos: 2021 fecha com um crescimento de +0,8% face a 2020, mas ainda abaixo -35% face a 2019. Carros usados: 2021 revela um decréscimo de -0,6% face a 2020 e de -11% face a 2019. Ligeiros de passageiros são o segmento mais afetado. Maior escassez de veículos (usados e novos) sente-se sobretudo a partir do 4º trimestre de 2020: Escassez de veículos novos afeta renovação de frotas e de rent-a-car, bem como as aquisições particulares, o que impacta a entrada de veículos no mercado de usados.

  • Mercado português é sobretudo alimentado por venda de carros novos (73%) e importados (27%), sendo particularmente afetado pela crise do setor.
  • Negócio dos carros importados (ligeiros de passageiros) cresce no +25% em 2021 face a 2020, mas desce -9% face a 2019.
  • Preço médio dos comerciantes profissionais sobe de 18.500€ no final de 2020 para 21.100€ no final de 2021 (+14%).
  • Falta de semicondutores, matérias-primas, dificuldades logísticas e energéticas afetam a produção de novos automóveis, levando a falta de oferta e a largos prazos de entrega.

– Crise de semicondutores leva marcas automóvel a cancelar encomendas. O setor tecnológico dirigiu-se assim para outros mercados. Prevê-se que apenas no final de 2022 a indústria dos semicondutores poderá voltar a colmatar as necessidades do setor automóvel.

– Aumenta o preço do magnésio, matéria-prima essencial para estes componentes.

– Há ainda um aumento do preço do transporte marítimo (que sextuplicou), devido aos confinamentos que afetaram o setor logístico e a localização e disponibilidade de contentores.

 DINÂMICA DE MERCADO

 PROCURA

  • Ligeiros de passageiros: procura em 2021 foi abaixo dos níveis de 2019 e 2020, agravando-se mais no 2º semestre do ano, devido a aumento de preços.
  • Motociclos: em 2021, tal como em 2020, aumenta a procura de motociclos como forma de transporte individual alternativo ao transporte público.
  • Autocaravanas: após procura triplicar em 2020, em 2021 regressa aos níveis de 2019.

 OFERTA

  • Ligeiros de passageiros: Comerciantes procuram reforçar inventários a partir de maio de 2021.
  • Motociclos: em 2021, aumentou a oferta de motociclos (em linha com aumento de procura).
  • Autocaravanas: após aumento de procura de +300% em 2020, em 2021 observa-se novamente aumento da oferta de autocaravanas.

PALAVRAS-CHAVE