Revista Pós-Venda
NotíciasPeçasVelas de incandescência Meyle-Original para todas as aplicações comuns
Meyle

Velas de incandescência Meyle-Original para todas as aplicações comuns

por

A Meyle AG disponibiliza cerca de 130 velas de incandescência Meyle-Original para todas as aplicações comuns: com as peças fabricadas inteiramente de acordo com as especificações OEM, a Meyle garante para os veículos a gasóleo uma cobertura de cerca de 90% a nível europeu.

Adicionalmente, o fabricante de Hamburgo disponibiliza cerca de 60 kits do módulo de comando com qualidade Meyle-Original, que incluem além do módulo de comando também as respetivas velas de incandescência.

As velas de incandescência ficam dentro do cilindro do motor diesel e são aquecidas a temperaturas até +1000 °C. Este calor elevado é necessário para permitir o arranque a frio de um motor diesel também no inverno com temperaturas muito baixas de até -40 °C. Para evitar avarias e desgaste, as velas de incandescência Meyle-Original são, por isso, fabricadas de acordo com as especificações OEM – incluindo o uso de metal resistente ao calor e a tecnologia de dupla espiral. Assim, as velas de incandescência Meyle-Original possuem uma transmissão de calor otimizada e um isolamento elevado contra correntes de fuga ou descargas. Além disso, através de uma vedação especial de borracha o interior da vela de incandescência é anti-higroscópico – ou seja, não atrai a humidade – evitando assim a corrosão no interior.

Através da utilização de materiais de alta qualidade e componentes perfeitamente adaptados entre si, é possível manter exatamente a temperatura de pós-aquecimento especificada das velas de incandescência Meyle-Original. Deste modo, as emissões de escape são substancialmente reduzidas e protege-se o ambiente.

As velas de incandescência devem ser substituídas a cada 80.000 a 100.000 quilómetros para evitar uma avaria resultante do desgaste. Sobretudo com temperaturas frias no outono e inverno as velas de incandescência desgastadas podem causar graves problemas de arranque e resultar num motor instável, bem como no aumento das emissões e produção de fumo.

A avaria de uma vela de incandescência pode ter várias causas: além do desgaste por envelhecimento, uma montagem incorreta, um módulo de comando com defeito ou um mau acabamento das velas de incandescência podem ser causas de avarias. A consequência são velas de incandescência deformadas, partidas ou danificadas que podem resultar em danos subsequentes dispendiosos. Assim, pode, por exemplo, não ser possível remover as velas de incandescência ou – no pior dos casos – componentes da vela de incandescência podem entrar no cilindro e danificá-lo.

Conhecimento técnico da Meyle: Visão geral das especificações das velas de incandescência Meyle-Original:

Meyle

Conselho da oficina Meyle: As velas de incandescência devem ser substituídas a cada 80.000 a 100.000 quilómetros. A Meyle recomenda ainda que todas as velas de incandescência sejam sempre substituídas em simultâneo para evitar que sejam necessários novos trabalhos de reparação a curto prazo. Além disso, a cada substituição deve-se verificar também o módulo de comando. Aquando da substituição do módulo de comando também devem ser sempre substituídas todas as velas de incandescência – assim evita-se que um módulo de comando novo seja danificado por uma vela de incandescência defeituosa.

Mais informações em www.meyle.com.

Nº de visitas: 22 ~ Visto Hoje: 1

Tags:

Deixe uma resposta

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares