Ver todas

Back

Volvo Cars Exchange System permite poupanças ambientais para a Volvo

24 Abril, 2020

O Volvo Cars Exchange System é um programa de reaproveitamento de peças Volvo. Em 2019, Volvo Cars Exchange System permitiu poupanças ambientais significativas para a Volvo.

Este programa pretende restaurar as peças usadas às suas especificações originais permitindo assim obter importantes ganhos ambientais e financeiros. Estima-se que uma peça reaproveitada necessite até menos 85% de matérias primas e consuma até menos 80% de energia em comparação com uma peça nova.

Em termos de matérias primas o programa conseguiu poupar quase 500 toneladas (341 toneladas de aço e 144 toneladas de alumínio). A energia economizada também foi muito significativa correspondendo a uma redução na emissão de dióxido de carbono de cerca de 3.321 toneladas.

O principio que alimenta o Exchange System é que quando se tem peças dessa qualidade faz sentido aproveitá-las ao máximo uma vez desgastadas, em vez de simplesmente desfazê-las. É exatamente isso que o Volvo Exchange System faz.

Neste programa, a Volvo reaproveita as peças desgastadas dos automóveis quando chega hora de as substituir. As peças são cuidadosamente desmontadas e – se não estiverem danificadas ou gastas – são meticulosamente restauradas de acordo com os mesmos padrões de qualidade das originais.

Hoje em dia, o Volvo Cars Exchange System oferece uma das mais extensas gamas de peças restauradas de toda a industria, abrangendo modelos até 15 anos. Nesta gama de peças estão incluídas caixas de velocidades, injetores ou componentes eletrónicos – tudo meticulosamente restaurado às especificações originais da Volvo Cars.

O Volvo Cars Exchange System trabalha muito de perto com o departamento de Design. O objetivo é conseguir criar soluções de design que possam simplificar a desmontagem de uma peça no futuro.

PALAVRAS-CHAVE