Revista Pós-Venda
MercadoNotíciasFiat negocia venda da Magneti Marelli à Samsung
Magneti Marelli Samsung

Fiat negocia venda da Magneti Marelli à Samsung

por

A informação foi hoje veiculada pelo Automotive News e cita fontes próximas ao processo. Sergio Marchionne já tinha aberto a porta à alienação da marca de peças do grupo. O negócio pode rondar os 2,6 mil milhões de euros.

A Samsung Electronics está em conversações avançadas para a aquisição de parte ou da totalidade da Magneti Marelli, propriedade do Grupo Fiat-Chrysler, de acordo com fontes próximas à negociação, citadas pelo Automotive News.

A Samsung está particularmente interessada no negócio de iluminação, infotainment e telemática da Magneti Marelli, mas considera a aquisição da totalidade da empresa. A venda pode atingir os três mil milhões de dólares (cerca de 2,6 mil milhões de euros), numa negociação que deverá estar fechada até final deste ano, o que tornaria este o maior negócio de aquisição da Samsung fora da Coreia do Sul.

A Samsung é a maior empresa da Coreia do Sul e está neste momento numa fase de transformação, numa tentativa de reduzir a dependência do negócio de eletrónica de consumo. Numa altura em que a telemática e a tecnologia automóvel são cada vez mais interessantes para empresas tecnológicas como a Apple ou a Google, este seria um passo muito importante para a Samsung.

A Fiat Chrysler passa por um plano muito rígido de recuperação da empresa e Sergio Marchionne, CEO do Grupo, abriu a porta à venda da Magneti Marelli, em declarações feitas em Abril: “Vamos ter que analisar de forma aprofundada se faz sentido continuarmos com a Magneti Marelli no nosso portfólio”. O encaixe deste negócio seria uma forte ajuda ao plano estratégico do Grupo.

Em Dezembro passado a Samsung Electronics criou uma equipa dedicada apenas aos componentes automóveis, infotainment e condução autónoma. Este departamento passou a trabalhar em estreita colaboração com outras áreas da empresa, como a das baterias e de serviços de software. Este posicionamento na área automóvel foi reforçado com a compra, no mês passado, por parte da filial de Shangai da Samsung de uma posição no construtor chinês de automóveis BYD, por 541 milhões de dólares, com o objetivo de participar no projeto de carros elétricos da marca.

A ligação entre a Fiat e a Samsung não é nova e já em 2009 ambas as empresas trabalharam juntas na área do entretenimento, informação e navegação. O objetivo da Samsung, com esta aquisição, além de comprar também o know-how é ter a porta aberta para ser fornecedora preferencial do Grupo Fiat Chrysler.

O negócio de peças e componentes da Fiat inclui a Magneti Marelli, a Comau e a Teksid, sendo que no segundo trimestre deste ano esta área de negócio rendeu ao Grupo 111 milhões de euros depois de taxas e impostos, com o maior contributo a ser da Magneti Marelli, que viu a sua faturação crescer.

Tanto a Samsung como o Grupo Fiat Chrysler recusaram comentar a notícia.

Nº de visitas: 2.245 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Miraflores Office Center - Rua Santa Teresa do Menino Jesus, nº 6, Escritório 7ºE. 1495 - 048 Miraflores

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Calendário de eventos

Voltar para Topo