Ver todas

Back

“A Cepsa tem potenciado o projeto oficinas Orbita”, João Madeira, Cepsa

3 Outubro, 2022
344 Visualizações

A Cepsa tem vindo a apostar cada vez mais na presença no aftermarket, através do lançamento de produtos, da dinamização da formação e informação e de outras iniciativas, aqui explicadas por João Madeira, Diretor Comercial para a área dos lubrificantes da Cepsa Portuguesa.

Qual foi a mais recente novidade de produto que introduziram, ao nível dos lubrificantes? Ou, que novidades irão lançar, no futuro próximo, ao nível dos lubrificantes?
O mercado Auto encontra-se em constante evolução sendo as mais recentes novidades o lançamento na gama Auto da Gama Xtar Max Hybrid, lubrificantes focados na lubrificação das novas tecnologias auto híbridas que disponibilizamos nas viscosidades 0W16, 0W20, 5W20 e 5W30, esta gama abrange também lubrificantes para transmissões automáticas: Xtar Max Hybrid ATF LV-S, Xtar Max Hybrid ATF DCT e Xtar Max Hybrid ATF CVT.

Em fase de lançamento estamos com os produtos para a lubrificação dos novos veículos elétricos em que teremos produtos para refrigeração, massas e fluidos de transmissão específicos para estas novas tipologias de veículos.

A Cepsa assumindo um compromisso de sustentabilidade, de redução da pegada ambiental, e indo ao encontro das recentes legislações ambientais, disponibiliza no mercado, lubrificantes focados numa redução de emissões (baixas emissões de partículas contaminantes) de elevado tempo de muda (menor geração de resíduos e maior ciclo de vida do produto) de economia de combustível). Associando a todos estes fatores produtos de elevada tecnologia técnica, cumprindo dos fabricantes e necessidades do mercado promovendo a fiabilidade e confiança dos mesmos para o cliente.

No contexto de quebra de redução dos consumos e numa quebra do mercado de lubrificantes no aftermarket, de que forma têm trabalhado a animação de vendas (diretamente ou com os distribuidores) para potenciarem as vendas às oficinas?
A Cepsa potenciado o projeto oficinas Orbita como modelo de fidelização das oficinas, potenciando as vendas dos distribuidores neste segmento. Varias ações de Mkt e captação forma lançadas e estão em curso nesse contexto. Por outro lado, a formação contínua em novos produtos e tendências tem sido um dos pontos de maior valorização. A procura da especialização por parte de alguns parceiros tem sido fundamental para potenciar as vendas.

O acompanhamento técnico às oficinas é muito importante: que meios humanos, materiais e digitais disponibilizam às oficinas para lhes prestar acompanhamento técnico (sempre que ela necessite)?
Disponibilizamos os nossos serviços técnicos e comerciais via presencial ou digital aos clientes e oficinas. Assim como através da nossa app Cepsa onde é possível verificar os lubrificantes recomendados para cada veiculo.

Este acompanhamento é realizado pelo contato direto connosco ou através da nossa rede de distribuição. Em conjunto disponibilizamos os nossos serviços de apoio diário às oficinas e apresentamos as soluções que são requeridas com a brevidade que é exigida neste tipo de negócio. As soluções de ferramentas digitais oferecidas são a nossa app de lubrificação ou o guia de lubrificação on line.

São também disponibilizadas formações e informações sobre as últimas tendências e atualizações sobre o mercado Auto e os novos produtos.

Depois da pandemia e agora com a guerra na Ucrânia, qual o impacto que têm no negócio de lubrificantes para o aftermaket?
Com a pandemia existiu uma redução efetiva de mercado por força da conjuntura, menor procura originou menor oferta.

No “pós pandemina” (1º trimestre 2022) verifica-se uma ligeira recuperação do mercado dos produtos Auto (viaturas ligeiras). Consequentemente a problemática das subidas constantes das matérias primas, transportes e serviços nos últimos 3 meses (muito por força do impacto da guerra da Ucrânia), esta a originar muita instabilidade no mercado e operadores.

 

 

PALAVRAS-CHAVE