Ver todas

Back

Allianz Partners desenvolve soluções de assistência a elétricos

22 Novembro, 2022
216 Visualizações

A Allianz Partners desenvolveu novas soluções de assistência, centradas nos veículos elétricos que pretendem também facilitar a instalação de sistemas de carregamento e proteção do referido ponto de carregamento, bem como soluções para mobilidade regular ou ocasional.

De acordo com dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), as vendas de veículos elétricos em Portugal aumentaram 44,8% em agosto, com 1 163 veículos novos ligeiros de passageiros matriculados. Nos primeiros oito meses de 2022 verificou-se um aumento de 58,6% na venda de carros elétricos novos em Portugal, em comparação com o mesmo período do ano anterior, tendo sido matriculados 10 055 unidades. No entanto, apesar desta tendência crescente, estes números ainda estão longe de cumprir os objetivos sustentáveis propostos pela Agenda 2030. Assim, a Allianz Partners partilha a sua proposta sustentável nesta área, um conjunto de soluções especificas para veículos elétricos.

Assistência na estrada para veículos elétricos

Este serviço responde, entre outros, a duas das necessidades mais comuns: “Carregamento in-situ” (desde que existam recursos na zona em que o veículo se encontra parado) e reboque até ao ponto de carregamento mais próximo sem passar pela oficina. Ambos proporcionam uma solução responsável para evitar viagens desnecessárias e emissões de CO2.

Carregamento em casa

O carregamento em casa é um dos aspetos que mais preocupa os consumidores quando colocam a possibilidade de adquirir um veículo elétrico. Para proporcionar uma maior tranquilidade aos seus clientes, a Allianz Partners disponibiliza Assistência Jurídica e Administrativa, com atendimento telefónico sobre os procedimentos a realizar para instalar um ponto de carregamento doméstico.

A entidade desenvolveu ainda uma solução para proteger os carregadores contra a tentativa de furto e vandalismo, indemnizando o proprietário pelos danos, até um limite de 1 000 euros, acumulados anualmente.

Solução de férias

Tendo em conta a autonomia atual dos veículos elétricos, a Allianz Partners criou a “Solução Férias”, que permite ao segurado solicitar um veículo a combustão para a sua viagem de longo curso (superior a 450km).

Mário Solano, Head of Automotive Business da Allianz Partners Portugal, afirma que “face ao número de viaturas elétricas vendidas em Portugal, quer pela necessidade de atingir as metas para a neutralidade carbónica, quer pelas medidas de incentivos estatais à sua aquisição ou pelo esforço das empresas e dos particulares nesta transição, tornou-se importante disponibilizar meios de assistência adaptados a esta realidade. A forma como nos deslocamos está claramente a mudar e, por isso, há que incluir nos nossos produtos de assistência novas formas de mobilidade que permitam uma tranquilidade e segurança aos condutores, que têm hoje uma preocupação com as infraestruturas existentes, bem como com a questão da autonomia e da longevidade das baterias. Esta alteração é inevitável e estamos certos de que continuaremos a trabalhar para disponibilizar novas soluções de mobilidade para minorar estes constrangimentos e a apoiar os nossos clientes nesta transição”.

Um estudo da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), estima que, num cenário mais favorável à eletrificação, o parque automóvel deverá, em 2025, ser composto por 12,6% de veículos elétricos e híbridos. Um em cada dois consumidores afirma que o seu próximo carro será híbrido ou elétrico. Portugal ocupa o 9.º lugar da mobilidade elétrica a nível europeu (dos 27 Estados-membros).

Ainda que a tendência para os veículos elétricos seja crescente à medida que as pessoas e que os fabricantes tomam consciência do impacto gerado pelas emissões de CO2 dos veículos tradicionais, o receio de não contar com as infraestruturas necessárias para recarregar baterias ou ferramentas que proporcionem segurança face a qualquer imprevisto com impacto num veículo com essas características, aliada à dúvida da autonomia das baterias, torna-se difícil para os indivíduos e para empresas tomarem a decisão de trocar o seu veículo.

 

PALAVRAS-CHAVE