Revista Pós-Venda
AmbienteAPVGN contra a discriminação dos veículos a gás natural
apvgn

APVGN contra a discriminação dos veículos a gás natural

por

A Secretaria de Estado do Ambiente, através do seu Fundo para o Serviço Público de Transportes (FSPT) publicou em 29/Junho/2018 um aviso de abertura de candidaturas para “Apoio à descarbonização da frota de táxis”, o qual anuncia subsídios a fundo perdido entre €5000 e €12500 aos taxistas que quiserem substituir os seus veículos actuais. Apesar da intenção meritória desta iniciativa verifica-se com este aviso que a Secretaria do Ambiente discrimina os veículos a gás natural (VGNs) pois os referidos subsídiosdestinam-se exclusivamente a veículos eléctricos.

A APVGN protesta energicamente contra tal discriminação e reivindica que o referido subsídio a fundo perdido para os taxistas seja estendido também aos veículos a gás natural.

A APVGN recorda ainda às autoridades governamentais e à opinião pública que:

1) Os veículos a gás natural são os mais aptos à utilização no serviço de táxi, tanto em termos de autonomia, como de tempo de reabastecimento e de economicidade;

2) Grandes cidades da Europa estão a estimular a utilização dos VGNs no serviço de táxi (só em Berlim já circulam mais de 2000 táxis a gás natural);

3) Para o ambiente urbano os VGNs são os veículos mais adequados, pois
reduzem drasticamente as emissões de óxidos de azoto (NOx) e de partículas em suspensão (PMs);
4) Em termos climáticos os VGNs também dão uma contribuição poderosa pois reduzem em mais de 20 por cento as emissões do dióxido de carbono (CO2);

Assim, a APVGN considera indispensável que o FSPT publique um aviso análogo prevendo subsídios iguais ou semelhantes destinados aos veículos a gás natural.

Nº de visitas: 28 ~ Visto Hoje: 1
Tags:

Deixe uma resposta

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com