Revista Pós-Venda
EquipamentosNotíciasBosch assinala 30º aniversário dos equipamentos de diagnóstico KTS
EQUIPAMENTOS DE DIAGNÓSTICO

Bosch assinala 30º aniversário dos equipamentos de diagnóstico KTS

por

Os equipamentos de diagnóstico KTS da Bosch, que permitiram pela primeira vez às oficinas independentes controlarem os sistemas eletrónicos do veículo, celebram 30 anos.

“Desde que a empresa foi fundada, a Bosch tem tido um nome que representa competência em desenvolvimento, qualidade técnica e confiança. Há 30 anos, estávamos entre as primeiras empresas que começaram a atender esses requisitos no campo de diagnóstico das unidades de controlo”, explica Oliver Frei, presidente para a Europa da Bosch Automotive Service Solutions, que descreve a motivação que impulsiona o desenvolvimento contínuo do KTS. “Sempre procurámos aumentar a eficiência e a eficácia do trabalho diário nas oficinas através dos nossos equipamentos de diagnóstico e software modernos. As soluções de diagnóstico que encaixam no futuro das oficinas – isso é o que nos impulsiona”.

A história dos equipamentos de diagnóstico da Bosch vai continuar no futuro, graças aos diagnósticos otimizados das unidades de controlo e às novas gerações de KTS que oferecem soluções de hardware orientadas para o futuro.

‘Bosch Hammer’

O primeiro KTS permitiu analisar os dados de gestão do motor dos carros de três marcas diferentes. Mas esse número cresceu rapidamente. Em 1999, permitiu diagnósticos de unidades de controlo em cerca de 120 sistemas de 25 fabricantes diferentes. Consequentemente, o setor automóvel começou a conhecer o KTS 300 como ‘Bosch Hammer’ (“Martelo Bosch” em português, devido à sua forma diferenciadora), sinónimo de testador de motor. Em 1999, o software de oficina ESI[tronic] da Bosch foi lançado para os equipamentos de diagnóstico, outro marco para o diagnóstico das unidades de controlo e o subsequente desenvolvimento da série de KTS. As atualizações trimestrais, inicialmente em CD, depois em DVD e online atualmente, garantem que as oficinas tenham sempre dados de diagnóstico atualizados, válidos até mesmo para os modelos mais recentes de veículos ECUs. Hoje em dia, os modelos de KTS e o ESI[tronic] 2.0 permitem que as oficinas realizem diagnósticos de unidades de controlo para mais 90.000 modelos de veículos de mais de 150 marcas diferentes.

Os engenheiros da Bosch desenvolveram vários sistemas eletrónicos utilizados como equipamento original para fabricantes de veículos em todo o mundo, mas também em equipamentos de teste. Por 30 anos, a Bosch liderou o diagnóstico das unidades de controlo.

Enquanto a procura por lojas de diagnóstico tecnicamente qualificadas e eficientes cresceu, a Bosch melhorou continuamente seu software KTS e ESI [tronic]. Atualmente, o equipamento KTS complementa analisadores de sistemas, equipamentos de medição de gases de escape e equipamentos de calibração de sistemas ADAS. Além disso, se a oficina tiver o software Core (Reparação Conectada), a oficina apenas precisa de identificar o veículo uma única vez, pois este pode compartilhar essa identificação com o resto do equipamento da oficina, bem como salvar todos os relatórios e protocolos centralmente que geram esses equipamentos.

Além disso, também são compatíveis com todos os protocolos comuns de comunicação utilizados pelos sistemas eletrónicos do veículo.

Com o KTS 560/590, a última geração dos equipamentos de diagnóstico, a Bosch ajuda as oficinas de multimarca independentes nas tarefas de serviço e reparação de sistemas de veículos modernos. O regulamento Euro5/6 obriga os fabricantes de automóveis a disponibilizar, a oficinas de reparação independentes, quaisquer informações técnicas de reparação através dos seus portais online. Para aceder aos dados, é necessária uma interface PassThru. Desde 2009, os dispositivos de KTS da Bosch estão habilitados para PassThru e podem ser utilizados para aceder aos dados de reparação. Os equipamentos atuais de KTS 560/590 têm uma interface PassThru melhorada, que dá às oficinas um acesso sem problemas aos dados de quase todos os portais de fabricantes de veículos. Isto permite que oficinas independentes executem a manutenção de modelos de veículos mais recentes e reprogramem unidades de controlo, sem ter que enviar os seus clientes para oficinas autorizadas para executar essas tarefas.

Ao utilizar o KTS 560/590, as oficinas estão igualmente bem preparadas para o futuro. Os equipamentos incluem uma nova interface de diagnóstico baseada em Ethernet DoIP –

‘Diagnostics over Internet Protocol’. Isto permite que as taxas de transferência de dados sejam muito altas, o que é particularmente importante, considerando o aumento do volume dos dados necessários, por exemplo, pelos sistemas de assistência ao condutor. Cada vez mais fabricantes de veículos também utilizam o Ethernet para diagnósticos. Os diagnósticos básicos vão ser também possíveis através da interface CAN, mas para diagnóstico completo ou reprogramação das unidades de controlo, será necessária uma interface Ethernet como a que está incluída na geração mais recente de KTS.

Nº de visitas: 101 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com