Revista Pós-Venda
NotíciasTecnologiaCaruso: Revolução digital no pós-venda
Caruso

Caruso: Revolução digital no pós-venda

por

A plataforma Caruso foi oficialmente apresentada ao mercado no passado mês de novembro e promete revolucionar o aftermarket.

TEXTO NÁDIA CONCEIÇÃO

A Caruso chega ao mercado do pós-venda independen te como uma plataforma central de serviços e dados. Aberta, neutra e segura, liga oficinas, fabricantes, sistemas de gestão de frotas e de leasing, seguradoras e outros players do setor, através da recolha, padronização e disponibilização dos dados relevantes dos veículos pelos vários operadores.

Esta plataforma permite que todos os parceiros comercializem dados num ambiente B2B seguro, tornando o mercado do pós-venda digital e totalmente conectado. “A plataforma foi criada para dar uma alternativa ao mercado independente de poder oferecer soluções ao consumidor final, de valor idêntico ao do construtor automóvel ou até de valor superior”, explica Pedro Barros, CEO da Tips4y, impulsionadora da Caruso em Portugal e que tem em vista o desenvolvimento de um serviço de consultoria e informação para novos parceiros que queiram integrar a plataforma.

Lançamento

Lançada em novembro de 2017, no Fraunhofer Institute for Experimental Software Engineering – que desenvolveu o modelo de negócio e a tecnologia que serve de base à plataforma – em Kaiserslautern, na Alemanha, os primeiros serviços de dados e mobilidade da Caruso estão já a ser disponibilizados no mercado pelos vários parceiros. A TecAlliance foi uma das fundadoras do projeto Caruso, que tem atualmente outros acionistas,  como a ATR International AG, a Carat, uma das maiores empresas de componentes de automóveis da Alemanha, e o Eucon Group, fornecedor de serviços de informação para fabricantes de veículos e fornecedores automóveis.

Funcionalidades

Através de uma plataforma intuitiva, as funcionalidades da Caruso permitem a identificação e o acesso aos dados disponibilizados pelos vários players e pelos veículos, sendo ainda possível a todos os operadores disponibilizar e vender dados relevantes, tais como telemática ou dados complementares ao aftermarket. A Caruso fornece a infraestrutura base para esta partilha de dados, armazenamento seguro, gestão de dados e a proteção do acesso e distribuição dos dados.

A interligação da telemática, produzida pelo veículo e enriquecida pelos dadostécnicos de vários fornecedores, irá permitir a oferta de serviços de diagnóstico remoto ou a marcação direta de serviços de manutenção ou reparação com a oficina mais próxima, dando comodidade ao cliente, ao facilitar a gestão da manutenção dos veículos associados a este serviço. A oficina pode também usar os dados da plataforma para solicitar as peças que necessita – e se o revendedor de peças também estiver ligado à plataforma, o processo será automático.

“De uma forma proativa o cliente será contactado pela oficina, ao aproximar-se a altura da manutenção, sendo por isso, também, uma forma de fidelização do cliente à oficina”, explica  Pedro Barros. Ao funcionar como um local de partilha de dados, onde todos os intervenientes podem fornecer e recolher informação e determinar as condições em que disponibilizam esses dados, a Caruso apresenta-se no mercado não como uma plataforma apenas agregadora de informação, mas como um marketplace, que, para além da gestão do fluxo de dados, também harmoniza e padroniza toda esta informação. “A ideia é existir uma entidade independente, isenta, que tenha uma plataforma aberta, que permita a qualquer operador utilizar informação disponibilizada por esta plataforma. Por exemplo, uma rede de oficinas ou uma seguradora que pretenda utilizar informação produzida pelo veículo para fazer manutenção preditiva, desenvolver ações de marketing ou gerir frotas, poderá utilizar esta plataforma para poder obter informação e desenvolver esses mecanismos”, indica Pedro Barros.

As viaturas produzidas recentemente vêm equipadas com um sistema interoperável, que serve de base ao sistema “eCall”, permitindo o envio de dados, de forma telemática, recolhidos pelos vários sensores e unidades de controle eletrónico, para o construtor suportando os serviços de s-call (chamadas de manutenção) e b-call (chamadas de avarias). Nos casos em que existe acordo com o construtor automóvel, estes dados podem ser utilizados pela Caruso, que por sua vez disponibiliza a informação para um qualquer operador. No caso das viaturas que ainda não estão equipadas com este sistema, a transmis são dos dados poderá ser feita através de um componente instalado na ficha OBD do veículo, dados esses que poderão acedidos pela Caruso ao parceiro detentor do dispositivo.

A Caruso cobra uma taxa com base nas funções da plataforma utilizadas, na quantidade e preços dos dados solicitados. Todos os lucros da Caruso GmbH serão reinvestidos no desenvolvimento da plataforma, para que esta possa continuar a expandir as suas funcionalidades e a desenvolvê-las de acordo com as necessidades dos seus parceiros e do mercado.

Oportunidades

Os potenciais parceiros futuros desta plataforma incluem entidades diversificadas,  tais como oficinas, fabricantes de peças, grossistas, gestores de frotas, empresas de
aluguer de veículos, fornecedores de software e serviços, companhias de seguros, empresas de assistência rodoviária ou fornecedores de dispositivos e serviços móveis. A Caruso permite, desta forma, o aparecimento de novas oportunidades de negócio para os fornecedores e compradores de dados, que, através de um acesso rápido e intuitivo podem escolher entre uma ampla gama de fornecedores para obter os dados que necessitam e aumentar, assim, o seu portfólio de serviços de mobilidade e a eficiência do seu negócio, tal como indica Pedro Barros: “A Caruso vai permitir algumas ideias disruptivas dentro deste setor. Havia o problema do acesso à informação e agora existe uma entidade que criou uma plataforma onde todos beneficiam”.

“Estamos muito satisfeitos com o lançamento do marketplace de dados Caruso. Todos os participantes no aftermarket – sejam fabricantes de peças, grossistas, oficinas, seguradoras, frotas, empresas de aluguer de veículos, prestadores de serviços de partilha de veículos, operadores de comunicações móveis ou empresas de serviços de assistência – dependem dos dados do veículo se quiserem melhorar seus serviços de mobilidade ou criar novos. Para acompanharem os maiores players na era digital, os dados disponíveis devem ser inteligentemente interligados. Isto é exatamente onde a Caruso entra”, explica Alexander Haid, Diretor-geral da Caruso GmbH.

Acesso à Caruso

O acesso à plataforma é fácil a partir de qualquer dispositivo com ligação à internet. Na plataforma, os parceiros podem aceder a uma visão geral das atividades no marketplace:
com que frequência os seus dados foram solicitados e quais as vendas que foram efetuadas, assim como o volume de dados que solicitaram e respetivos custos. O fornecimento e pedido de dados é feito através de uma função de pesquisa de catálogo ou ao inserir palavras-chave no campo de pesquisa. O fornecedor dos dados disponibiliza uma descrição detalhada do seu conjunto de dados, dos valores e das condições contratuais associadas. O consumidor escolhe, então, a oferta mais adequada para o seu caso, entre os diferentes fornecedores.

Parceiros

A ABAX, a Bosch, a Continental, a ZF com a Openmatics, a Schaeffler, a JimDrive, a TecAlliance e a Werbas são alguns dos nomes que já estão a utilizar a plataforma Caruso.
Atualmente em processo de negociação com as construtoras automóveis, a Caruso já conta com a participação da BMW na sua plataforma.

Nº de visitas: 113 ~ Visto Hoje: 1
Tags:

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares