Ver todas

Back

Citroën apresenta ë-Berlingo Van

18 Janeiro, 2021
349 Visualizações

A Citroën acaba de apresentar o ë-Berlingo Van, a versão elétrica e conectada do seu veículo comercial ligeiro, que tem chegada prevista aos concessionários da marca no segundo semestre de 2021.

Dependendo do perfil de condução adotado, a bateria de iões de lítio do ë-Berlingo Van permite aos clientes empresariais realizar pequenos trajetos ou mesmo viagens maiores até um máximo de 275 km , sem a necessidade de realizar recargas. Assumindo a cadeia de tração da plataforma e-CMP do Groupe PSA, as duas silhuetas com que o ë-Berlingo Van é proposto garantem uma mesma capacidade de bateria, desenvolvendo um nível adequado de autonomia para as deslocações da grande maioria dos utilizadores deste segmento no seu quotidiano.

Para maximizar essa autonomia, a cadeia de tração do ë-Berlingo Van procede à recuperação de energia durante as fases de travagem ou desaceleração do veículo. Para uma recuperação de energia ideal, há que ativar o botão “B” na consola central. A bateria está colocada sob os bancos do veículo e sob o piso de carga, pelo que não afeta o volume útil. Conta com uma garantia de 8 anos ou 160.000 km (para 70% da capacidade da bateria no final do contrato). Um certificado de capacidade é emitido após a primeira verificação da bateria, realizado após 1 ano de utilização ou 20.000 km e, a partir daqui, em cada operação de manutenção, a cada 2 anos ou 40.000 km.

O ë-Berlingo Van é alimentado por um motor elétrico que gere a tração de acordo com o modo de condução selecionado e as condições de condução. Com uma potência de 100 kW (136 cv) / 260 Nm pode atingir uma velocidade máxima de 130 km/h, independentemente do modo ativado. Os diferentes modos podem ser selecionados através de um comando específico na consola:

– Normal, para 80 kW / 180 Nm: permite a melhor relação entre autonomia e dinâmica,
– Eco, para 60 kW / 190 Nm: permite otimizar o consumo de energia, reduzindo a performance dos sistemas de aquecimento e de ar condicionado, sem os desligar, ao mesmo tempo que limita o binário e a potência do motor,
– Potência, para 100 kW / 260 Nm: permite o desempenho máximo do veículo para uma maior comodidade e performance em caso de carga máxima.

Conectado através das aplicações MyCitroën, que permitem uma gestão remota da carga da bateria, e de Free2Move, que garante o acesso a mais de 220.000 estações de carregamento na Europa, o ë-Berlingo Van conta ainda, em opção, com novas tecnologias, como o sistema head-up display, em estreia na categoria, ou um cluster de 10” com uma nova configuração digital e alta definição.

Existem três opções de carregamento, da simples tomada tradicional até aos carregadores rápidos (fastchargers), que permitem um carregamento de 80% da bateria em 30 minutos. No entanto, a simples tomada Green’up (reforçada) permite uma recarga de grande parte da bateria durante a noite, de modo a estar operacional para enfrentar um dia de trabalho.

– Um carregamento doméstico, obrigando a um cabo tipo 2 (de série) para utilização em casa, no local de trabalho ou num lugar de estacionamento. Este modo é compatível com uma tomada de 8A standard ou uma tomada reforçada de 16A (caixa + tomada Green’Up), permitindo reduzir em metade o tempo de carregamento e, assim, obter uma bateria carregada a 100% em menos de 15 horas, ou para 100 km em 5h30;
– Carga acelerada privada ou pública requer à instalação de uma WallBox de carga acelerada de 3,7 a 22 kW e um cabo tipo 3 (disponível em acessório). O tempo de carga de 0 a 100% será, neste caso, de 7h30 (Wall Box 7.4 kW monofásica) ou de 5h (Wall Box 11kW trifásica);
– Carregamento super-rápido em terminal público até aos 100 kW com um cabo tipo 4 integrado no carregador. Permite carregar 80% da bateria de 50 kWh em 30 minutos. O ë-Berlingo Van coloca-se ao melhor nível do seu segmento em tempo carregamento acelerado.

Mais informações neste link.

PALAVRAS-CHAVE