Ver todas

Back

EAATA apresentou Thinkcar e Keypoint na Motortec

2 Maio, 2022
1296 Visualizações

A EAATA, empresa tecnológica espanhola, que está presente em Portugal, apresentou na Motortec as mais recentes novidades ao nível do diagnóstico da marca Thinkcar e lançou o franchise Keypoint, no setor da programação de chaves.

A EAATA aproveitou a Motortec para anunciar sua nova oferta em diagnóstico: máquinas de última geração da marca Thinkcar. A empresa expôs quatro modelos no seu stand, entre os quais estavam as Thinktool Max e Master X, que oferecem diagnósticos para turismos e para veículos pesados. São uma das poucas máquinas no mercado que oferecem a possibilidade de realizar diagnósticos em camiões.

De acordo com o técnico e formador da EAATA, Luis de Frutos, “o acolhimento dos equipamentos Thinkcar superou todas as nossas expectativas. Sabíamos que são uma solução de compromisso ideal para a oficina e tínhamos muita vontade de transmitir todas as suas capacidades aos assistentes da Motortec. Graças às apresentações e demonstrações no local, puderam ver ao vivo funções tão interessantes como o diagnóstico avançado ou a programação online, em até 15 marcas, e inclusive a extensa da gama de equipamentos e acessórios que a EAATA distribui de maneira exclusiva para Portugal e Espanha.”

KEYPOINT

O novo projeto da EAATA de inovação em chaves, o franchising Keypoint, também despertou um forte interesse, segundo a empresa. Registraram-se mais de 120 solicitações, a grande maioria de proprietários de oficinas que se inscreveram na seleção para ser Keypoint, um conceito que tem uma série de requisitos que o negócio deve cumprir para operar um Keypoint e há um número limitado em função da zona geográfica.

Para o diretor comercial da EAATA, Ricardo González, “é um cliché dizer isto ao final da feira, mas a verdade é que nos correu muito bem. A nova marca de diagnóstico Thinkcar, que apresentamos em exclusivo na Motortec, teve uma aceitação inicial muito maior que a esperada. Várias oficinas compraram ali na feira mesmo – são vendas derivadas ao distribuidor – e os distribuidores da EAATA em geral também acolheram a nova marca com grande entusiasmo. É certo que nosso serviço de telediagnóstico gerou muita confiança no cliente na hora de dar suporte à máquina e obter toda a potência do equipamento. Por outro lado, a franquia Keypoint teve um acolhimento magnífico. Aqui, ajuda-nos muito a nossa fama e experiência em imobilizadores, um serviço 360º com o que a EAATA já leva anos liderando o mercado e que muitas oficinas já conhecem. Este êxito foi possível graças ao IFEMA e à equipa EAATA, 23 pessoas deslocadas até o evento que trabalharam muito bem, além de tantas outras. Fizeram um trabalho de excelência.”

PALAVRAS-CHAVE