Ver todas

Back

FastTrackAI da DAT utiliza Inteligência Artificial na análise de danos

22 Julho, 2021
173 Visualizações

O Grupo DAT acaba de apresentar uma nova versão de software de inteligência artificial para analisar danos causados por acidentes e desgaste dos componentes do veículo. O software de IA ‘DAT7XM’ recém-criado utiliza fotografias para detetar peças danificadas e diferentes tipologias de danos.

A DAT, através da sua filial em italiana, lançou a nova geração de software baseada em IA ‘FastTrackAI’. A IA significa inteligência artificial e fornece o elemento central do software para a análise de imagem ajudada por computador: a rede neural ‘DAT7XM’.

A aplicação web DAT ‘FastTrackAI  -mobile’ guia o utilizador através do processo de captura de fotos do veículo e dos seus danos com fotografias, enquanto a inteligência artificial DAT7XM deteta automaticamente as partes relevantes do carro, incluindo os danos existentes e a tipologia dos mesmos. Uma vez identificados os danos, a FastTrackAI  efetua um cálculo inicial dos trabalhos de reparação com base na informação DAT comprovada e extensa. O cálculo tem em conta todas as peças, lógica de reparação e mão-de-obra agregada com base nos dados atuais e estruturados do fabricante que estão disponíveis em todas as marcas do sistema DAT.

“Os dados do fabricante são essenciais para prever custos de reparação fiáveis, o que também é verdade quando se utiliza um cálculo assistido pela IA”, diz Helmut Eifert, diretor-geral da DAT.

“O fastTrackAI  é extremamente fácil de usar e permite que um registo inicial de danos seja feito muito rapidamente. O utilizador recebe uma mensagem de texto enviada para o seu dispositivo móvel contendo um link que abre a aplicação e que é depois guiada através do processo. Isto inclui, em primeiro lugar, a identificação do veículo, por exemplo, com reconhecimento de chapas de matrícula (dependendo da base de dados mantida no país relevante e dos requisitos legais) ou o número de identificação do veículo, VIN. As fotografias são então tiradas do veículo e das peças danificadas de vários ângulos e estas são depois usadas no DAT7XM”,explica Alessandro Serra, Head of Sales and Marketing da DAT Italia.

A inteligência artificial no FastTrackAI  analisa cada imagem individualmente e identifica todas as partes ou áreas do exterior do veículo que apresentam danos nas fotos. O tipo de danos e o seu tamanho e localização também são automaticamente detetados. Danos como arranhões, mossas, amolgadelas ou peças partidas/danificadas podem ser automaticamente atribuídas a mais de 50 áreas diferentes do exterior do veículo. O mesmo se aplica às peças em falta, tais como para-choques, aros das rodas, pegas das portas ou tampas do depósito de combustível. Os veículos identificados através de um VIN ou do veículo DAT master data podem ser analisados com maior detalhe utilizando o equipamento individual. Dependendo do grau de danos, são adicionadas tarefas de reparação adicionais à lista de reparações em fastTrackAI.

A configuração do produto pode ser adaptada ao grupo alvo relevante. Especialistas técnicos, especialistas em oficinas de reparação automóvel ou empresas de aluguer de veículos ou companhias de seguros podem usar este produto para obter uma estimativa inicial dos danos do veículo muito rapidamente.

“Ao combinar métodos de IA de última geração e a nossa experiência em cálculos de reparação, temos uma vantagem significativa sobre os fornecedores existentes no mercado que determinam os custos quase exclusivamente com base em dados históricos com cálculo assistido pela IA”, sublinha Helmut Eifert, diretor-geral da DAT. A Eifert acrescenta: “A FastTrackAI  oferece aos nossos clientes a oportunidade de utilizar a experiência digitalizada do DAT no início dos seus processos para que os seus próprios colaboradores possam trabalhar de forma mais rápida e eficiente. Isto apoia os nossos clientes e ajuda a impulsionar a transformação digital.”

 

PALAVRAS-CHAVE