Revista Pós-Venda
NotíciasMann+Hummel apresenta coletor de admissão com refrigerador intermédio totalmente integrado
intercooler

Mann+Hummel apresenta coletor de admissão com refrigerador intermédio totalmente integrado

por

Tal como a Pós-Venda tinha noticiado, a Mann+Hummel apresentou em estreia mundial o primeiro coletor de admissão com refrigerador intermédio totalmente integrado. O sistema distribui regularmente a temperatura e é capaz de resistir às máximas cargas.

Um refrigerador intermédio mais constante e efetivo e a conseguinte redução de emissões de CO2 de até 3 % são as vantagens do refrigerador intermédio indireto que convencem cada vez mais os fabricantes de veículos. Em comparação com o refrigerador intermédio direto, a redução do volume de ar de sobrealimentação e um aumento mais rápido da pressão de sobrealimentação melhoram a resposta do motor. A Mann+Hummel, o especialista em filtragem de Ludwigsburg, já elevou esta tecnologia um novo nível. Na feira do motor de Frankfurt 2017 a empresa comemorou a estreia mundial do primeiro coletor de admissão com refrigerador intermédio completamente integrado.

Integração completa face ao conceito de autonomia

O novo sistema aproveita todas as vantagens da refrigeração de ar de sobrealimentação indireta e exige um menor número de componentes em comparação com os conceitos autónomos que trabalham com componentes independentes para o refrigerador intermédio e o coletor de admissão. Isto reduz o número de pontos de contato e os custos de manipulação para os fabricantes de automóveis. Além disso, a menor queda da pressão e o menor volume de ar de sobrealimentação servem para melhorar a resposta do motor.

Integração completa face a unidades instaladas

Com a plena integração o refrigerador está completamente encerrado pelas carcaças do coletor de admissão, o que proporciona a todo o sistema maior estabilidade em comparação com as soluções instaladas, uma vez que não há superfície de vedação para o exterior. O sistema permite uma excelente distribuição da temperatura, com uma diferença de temperatura máxima de dois graus Kelvin nos seis cilindros. Neste processo, todo o sistema deve resistir a altas diferenças de temperatura entre as entradas e saídas de ar de até 90 graus Kelvin. Vedação de dois componentes

A vedação entre o refrigerador e as carcaças do coletor de admissão (que consta de dois componentes) caracteriza-se pela sua boa resistência a substâncias químicas e os baixos valores de fugas. Está fabricado com um quadro de plástico em poliamida 6, que é especialmente forte, com 35 % de componente de fibra de vidro (PA6 GF35) e uma vedação de elastómero em borracha fluorada, que tem uma boa resistência à temperatura e meios. Um ajuste de bloqueio positivo mantém a poliamida e o elastómero unidos de forma firme e segura.

Máxima estabilidade

As pressões de carga absolutas de até 2,7 bares impõem uns requisitos exigentes aos componentes. As grandes superfícies das carcaças de plástico estão submetidas a um stress considerável. Utilizando tecnologia de simulação moderna, a construção de um protótipo interno e ensaios exaustivos, os engenheiros da Mann+Hummel foram capazes de melhorar o design adequado mediante o uso de carcaças de plástico acanalado para garantir a máxima estabilidade e, ao mesmo tempo,
minimizar o peso.

As nervuras orientadoras do conjunto garantem um fluxo de entrada de ar regular a todos os cilindros pelo ótimo fluxo de ar. Ao mesmo tempo, o design do componente serve para minimizar a queda da pressão. O uso de soldadura por gás quente permite mais uniões soldadas estreitas, que
também são mais fortes. O efeito colateral positivo é o aumento da limpeza do componente devido a que com este processo a fricção não gera resíduos.

Nº de visitas: 1 ~ Visto Hoje: 1

Deixe uma resposta

Contactos

Estrada de Polima. Centro Industrial da Abóboda nº 1007 2º andar, escritório I. 2785-543 São Domingos de Rana

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com