Ver todas

Back

Matrículas de veículos novos com sinais distintos em maio

1 Junho, 2021
380 Visualizações

De acordo com informação veiculada pela ACAP, o mês de maio de 2021 foram matriculados substancialmente mais automóveis do que em igual período de 2020. Porém, analisando com 2019, o mercado está em quebra.

Tal como se verificou em abril de 2021, também no mês de maio de 2021 verificou-se um forte crescimento do mercado automóvel quando comparado com igual mês de 2020 o que, todavia, não corresponde, segundo a ACAP,  à realidade face à situação vivida neste período do ano anterior. Por isso, e a exemplo de outros países, é importante proceder-se a uma comparação com 2019.

Assim, em maio de 2021 foram matriculados pelos representantes legais de marca a operar em Portugal 19.668 veículos automóveis, ou seja, menos 26,2 por cento que no mesmo mês de 2019, mas mais 159,5 por cento quando comparado com maio de 2020.

Nos cinco meses de 2021, foram colocados em circulação 77.090 novos veículos, o que representou uma diminuição de 36,3 por cento relativamente a 2019, apesar da comparação com 2020 mostrar um aumento de 19,8 por cento.

Por categorias e tipos de veículos observou-se a seguinte evolução do número de unidades matriculadas no nosso país:

1. Automóveis Ligeiros de Passageiros
No mês de maio de 2021 foram matriculados em Portugal 16.661 automóveis ligeiros de passageiros novos, ou seja, menos 26,7 por cento que no mesmo mês do ano de 2019. Em comparação com maio de 2020 o mercado registou uma subida de 190,2 por cento.
De janeiro a maio de 2021 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 62.509 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 39,5 por cento relativamente a período homólogo de 2019. Em comparação com os cinco meses de 2020, o mercado registou um aumento de 16,2 por cento.

2. Veículos Ligeiros de Mercadorias
O mercado de ligeiros de mercadorias registou, no quinto mês de 2021, uma evolução negativa de 25,8 por cento face ao mês homólogo do ano de 2019, situando-se em 2.575 unidades matriculadas. Quando comparado com o quinto mês de 2020, verifica-se um aumento de 52,3 por cento.
Em termos acumulados, o mercado atingiu 12.513 unidades, o que representou um decréscimo de 18,5 por cento face ao período homólogo do ano de 2019 e um aumento de 34,9 por cento em comparação com o período homólogo de 2020.

3. Veículos Pesados
Quanto ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em maio de 2021 verificou-se uma queda de 7,3 por cento em relação ao mês homólogo de 2019, tendo sido comercializados 432 veículos desta categoria. Em comparação com o mesmo mês de 2020, o mercado registou um aumento de 193,9 por cento.
Nos primeiros cinco meses de 2021 as matrículas desta categoria totalizaram 2.068 unidades, o que representou um decréscimo do mercado de 10,3 por cento relativamente ao período homólogo de 2019 e um aumento de 62,1 por cento quando comparado com o mesmo período de 2020.

PALAVRAS-CHAVE