Ver todas

Back

Michelin ajuda a bater recorde de velocidade

6 Setembro, 2019
1456 Visualizações

A Michelin foi uma das partes envolvidas no novo recorde de velocidade para um veículo de produção em série.

Uma unidade de pré-produção do Bugatti Chiron, durante o passado mês de agosto, rodou na pista de testes da Bugatti em Ehra-Lessien, no norte da Alemanha, e com o piloto de testes da marca, Andy Wallace, ao volante, tendo atingindo 490,484 Km/h.

Os pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 utilizados para estabelecer este recorde são muito semelhantes aos pneus com especificações standard OE. São identificados pela marcação ‘BG’, o que significa que foram desenvolvidos para serem instalados no Bugatti, e que estão homologados para a sua utilização em estrada. A única diferença é que a cintura da carcaça dos pneus utilizados no recorde contava com reforços específicos para suportar a força centrífuga a que os pneus são submetidos a velocidades tão elevadas, equivalente a 5300 vezes a força da gravidada.

Para o desenvolvimento dos Pilot Sport Cup 2 especialmente concebidos para o Bugatti Chiron, a Michelin utilizou o seu Centro Tecnológico em Ladoux, França, assim como as instalações em Charlotte, na Carolina do Sul, EUA, onde se recorreu a um equipamento especial para submeter os pneus aos testes mais extremas. Devido à alta velocidade que o Bugatti Chiron é capaz de alcançar, a Michelin utilizou uma máquina concebida para realizar testes com os pneus que equipam o Space Shuttle, e que permite levar a cabo ensaios a velocidades de até 510 km/h.

Sobre este novo registo, Pierre Chandezon, responsável da equipa de desenvolvimento de pneus Michelin para a Bugatti, declarou: “Temos muito orgulhos por ter feio parte deste recorde, que é fruto da relação que a Michelin e a Bugatti mantêm desde há quase 20 anos. Graças a este espírito, e à confiança acumulada durante este tempo, a Michelin pôde desenvolver os pneus que são equipamento de origem do Chiron”.

Para este excecional veículo, os engenheiros da Michelin e da Bugatti trabalharam no desenvolvimento conjunto dos pneus e do chassi, aproveitando ao máximo os avanços tecnológicos, os materiais e as mais recentes últimas de produção. Este processo de desenvolvimento do pneu e do veículo de forma simultânea resultou num pneu com as prestações necessárias para um superdesportivo como o Bugatti Chiron.

Além da sua excecional velocidade e do seu elevado nível de segurança, os pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 também contribuem para o conforto do veículo em estrada, permitindo aos proprietários do Bugatti Chiron disfrutar deste prestigiante desportivo em qualquer situação de condução.

PALAVRAS-CHAVE