Ver todas

Back

“Os profissionais não irão querer deixar de conhecer as novidades”, Luís Oliveira, Hispanor

23 Setembro, 2021
268 Visualizações

Luís Oliveira, da Hispanor, reafirma a confiança da presença da sua empresa em mais uma edição do salão Expomecânica, onde terá os seus mais recentes produtos e dinamizará muitos demonstrações.

Que razões levaram a vossa empresa a apostar na presença no Salão Expomecânica 2021?
Desde a primeira edição desta exposição recomeçada na Exponor que a Hispanor decidiu apostar e apoiar o projecto e as pessoas que lideram a KIKAI. No ano passado estávamos inscritos mas como sabemos teve de ser cancelada e, este ano, mesmo correndo o risco de não termos os resultados que vinham a melhorar ano após ano, decidimos que não devíamos deixar a aposta a meio. Por outro lado também acreditamos que com a evolução do caminho para a estabilidade em termos de COVID que Portugal está a ter, os profissionais do sector também não irão querer deixar de conhecer as novidades que os fornecedores têm para apresentar.

Vão ter alguma novidade, em termos absolutos, neste certame?
Infelizmente, contra o que é habitual, a Hispnaor este ano não terá nenhuma novidade absoluta para apresentar. Isto deve-se ao facto de a pandemia ter travado toda a evolução natural dos negócios. No entanto, temos algumas pequenas referências que serão sempre, pelo menos para uma parte dos clientes e possíveis clientes, novidades, que são:
– RESQ-PLAST – fita auto adesiva sem cola para protecção das mãos em pequenas feridas (substitui os pensos rápidos com muito mais eficácia) que permite a lavagem de mãos  sem ter de recolocar outra protecção;
– Filme plástico para proteger os forros de portas antes da sua recolocação;
– Algumas ferramentas e produtos com melhores soluções para a montagem e reparação de vidros;
– Produto impermeabilizante para estofos em tecido e couro;
– Novo lava-mãos WETOR 964 (lava-mãos com micro-esferas).

Quais as expectativas sobre a vossa participação e sobre a realização deste evento, no atual contexto (de restrições por causa da pandemia)?
Naturalmente que sabemos irá haver algumas limitações, nomeadamente em termos de obrigatoriedade de utilização de máscara o que limita a comunicação verbal, principalmente quando estamos a fazer demonstrações mas acho que é algo que, pelo tempo que já se usa não irá prejudicar muito. De resto, claro que irá haver provavelmente algumas restrições na quantidade de aglomerados de pessoas mas teremos de saber gerir da melhor forma.

Qual a área que o vosso stand vai ocupar?
O Stand vai ocupar os habituais 40m2 e estará situado no Pavilhão 4 (Número  C11)

Irão dinamizar alguma iniciativa paralela (reunião, convenção, demonstração, etc.)?
Habitualmente não realizamos (reuniões e convenções), realizamos sim demonstrações práticas feitas no próprio Stand que é já uma das práticas habituais da nossa forma de estar neste tipo de Eventos.

PALAVRAS-CHAVE