Ver todas

Back

Peugeot lança novo e-RIFTER

18 Fevereiro, 2021
407 Visualizações

A Peugeot prossegue a eletrificação global da sua gama com o lançamento do e-RIFTER.

Este novo comercial oferece:
• Uma autonomia máxima de 280 km em ciclo de homologação WLTP,
• Dois comprimentos (Standard e Longo) até um máximo de 7 lugares,
• Uma bagageira com até 1.050 litros de capacidade e 5 lugares,
• Uma capacidade de reboque de até 750 kg.

Sobre a base da plataforma modular multienergias EMP2 (Efficient Modular Platform), o Peugeot e-RIFTER integra uma motorização 100% elétrica com uma potência máxima de 100 kW e um binário máximo de 260 Nm, disponível desde o arranque, para uma resposta imediata, sem vibrações, ruídos, passagens de caixa, odores e, claro, sem emissões de CO2.

A cadeia de tração elétrica – motor elétrico, inversor e carregador-conversor de corrente contínua /corrente alterna – é semelhante à do novo Peugeot e-Partner. À semelhança deste, é feita uma adaptação no redutor da transmissão para corresponder aos constrangimentos de carregamento inerentes à utilização dos veículos utilitários.

Os desempenhos (em modo POWER) são os seguintes (dados em processo de homologação):
– velocidade máxima de 130 km/h
– aceleração dos 0 a 100 km/h em 11,2 s
– recuperações de 80 a 120 km/h em 8,9 s.

As duas versões (Standard e Longa) estão disponíveis com uma bateria de iões de lítio (18 módulos) com uma capacidade de 50 kWh, permitindo-lhe uma autonomia máxima de 280 km, consoante a versão e do estilo de condução, de acordo com o protocolo de homologação WLTP (Worldwide harmonized Light vehicles Test Procedures; valores em processo de homologação).

Estão disponíveis dois tipos de carregadores embarcados, indo ao encontro de todas as utilizações e soluções de carregamento do cliente:
– um carregador monofásico de 7,4 kW (de série)
– e um carregador trifásico de 11 kW (em opção).

A entrada de carregamento, situada no guarda-lamas traseiro esquerdo, permite diversas formas: a partir de uma tomada standard, de uma tomada reforçada, de Wall Box ou carregador rápido.

Os modos de carregamento da bateria de 50 kWh são flexíveis e adaptados a diferentes situações do quotidiano. São possíveis diversos tipos de carregamento: em casa, no local trabalho ou em postos públicos:
– A partir de um carregador rápido, sendo que a regulação térmica da bateria permite utilizar carregadores de 100 kW e obter 80% da carga em 30 minutos,
– A partir de Wall Box de 11 kW, permitindo uma carga completa em 5h com o carregador trifásico a bordo (11 kW),
– A partir de Wall Box de 7,4 kW, permitindo uma carga completa em 7h30 com o carregado monofásico a bordo (7,4 kW),
– A partir de uma tomada reforçada (16A), para uma carga completa em 15 horas,
– A partir de uma tomada standard (8A), para uma carga completa em 31 horas.
O novo PEUGEOT e-RIFTER oferece aos ocupantes um conforto térmico ao melhor nível com:
– Uma resistência de aquecimento de elevada potência (2 x 5 kW),
– Bancos aquecidos (consoante a versão),
– Um pré-condicionamento térmico programável a partir do touchscreen (consoante a versão) ou à distância através da app para smartphone MyPeugeot® (consoante a versão). Para além do conforto, esta funcionalidade permite, com o veículo ligado à corrente, otimizar a autonomia ao atingir mais rapidamente a temperatura ideal de funcionamento da bateria.

Ao nível do posto de condução, a consola central foi redesenhada de forma a acolher:
• O novo comando da caixa de velocidades “e-Toggle”, perfeitamente integrado e ergonómico, que permite aceder às funções Park / Reverse / Neutral / Drive e Brake,
• O seletor dos 3 modos de condução,
• Um espaço específico para carregamento por indução para smartphones.
O novo PEUGEOT e-RIFTER apresenta 3 modos de condução, a partir do seletor:
• Eco (60 kW, 190 Nm): favorece a autonomia e a suavidade de condução,
• Normal (80 kW, 210 Nm): ideal para uma utilização diária,
• Power (100 kW, 260 Nm): otimiza as performances no transporte de cargas pesadas.

Estão disponíveis dois modos de travagem, com tipologias de regeneração de bateria adaptadas:
• Moderada, para sensações semelhantes às dos veículos térmicos,
• Aumentada (acessível a partir do botão (push) “B”, de “Brake”, localizado no comando da caixa de velocidades), para uma desaceleração acentuada quando é libertado o pedal do acelerador, favorecendo a autonomia.

PALAVRAS-CHAVE