Ver todas

Back

PPG dá mais um passo na otimização do processo de repintura com a Moonwalk (com fotos)

28 Outubro, 2019
1238 Visualizações

A PPG tomou a vanguarda da digitalização do processo de repintura, com o lançamento da nova máquina de mistura Moonwalk. A apresentação deste moderno equipamento para as oficinas de colisão decorreu hoje em Barcelona.

Depois da “liberalização” do espetrofotómetro, o processo de digitalização da cor não mais tem parado. A mais recente solução apresentada no mercado é a Moonwalk, uma revolucionária máquina de mistura de tintas, que é apresentada pelos responsáveis da PPG como um passo em frente.

O objetivo da PPG é “acabar” com as pouco eficientes salas onde se encontram as atuais máquinas de mistura de tintas, tornando-as muito mais modernas, apelativas (pelo menos do ponto de vista visual), funcionais e acima de tudo muito mais rentáveis.

A Moowalk permite, a qualquer unidade de pintura, optimizar o consumo de produto, melhorar a produtividade e criar um muito melhor ambiente de trabalho. Estima a PPG, que com a Moonwalk, uma unidade de pintura possa poupar entre uma a duas horas de tempo produtivo e que o investimento neste equipamento (que custa cerca de 18.000 euros) terá um retorno que vai dos 8 meses a um ano e meio.

A Moonwalk permitirá potenciar as qualidades das linhas à base de água da PPG e Nexa Autocolor, estando qualquer delas disponíveis com o software de cor das respetivas marcas.

Na próxima edição da Revista Pós-Venda, daremos todos os pormenores sobre a nova Moonwalk.

 

 

PALAVRAS-CHAVE