Ver todas

Back

SEG Automotive leva ao IAA soluções para reduzir emissões

11 Setembro, 2019
996 Visualizações

No IAA 2019, a SEG Automotive pretende fornecer respostas detalhadas sobre como reduzir as emissões de CO2 numa atualização detalhada ao seu Whitepaper “The Transformation of the Powertrain” e introduzindo uma gama de novos produtos que dão suporte na transição rumo a motores de combustão mais eficientes, híbridos 48V e eletrificação.

O melhor exemplo é o novo motor EM 1.25 e-machine, com melhorias na eficiência de combustível e que fornece energia suficiente para uma completa funcionalidade de condução elétrica, proporcionando veículos totalmente híbridos de 48V ou até veículos compactos elétricos de 48V.

No entanto, a hibridização 48V surgiu como uma solução rentável, eficiente e fácil de integrar, de forma a causar impacto imediato no alcance dos objetivos climáticos e ir de encontro aos objetivos legislativos de emissões de CO2. Em 2025, 1 em cada 5 novos carros a nível global estará equipado com tecnologia 48V; na China (31% quota de mercado) e na Europa (35% quota de mercado) será aproximadamente 1 em cada 3 veículos. A SEG Automotive tem sido pioneira nesta tecnologia; o seu Boost Recuperation Machine (BRM) é a única máquina de 48V reconhecida como uma eco-inovação pela UE concedendo até 1.8kg / km de créditos de CO2 adicionais. Substitui o gerador convencional tornando motores de combustão em híbridos leves, reduzindo significativamente o consumo de combustível e emissões CO2. O BRM também atua como o único motor para veículos ligeiros elétricos como o Schwalbe E-Scooter.

Na IAA 2019, o fornecedor global introduz a próxima geração de produtos 48V, que antecipa  a crescente procura por parte da indústria automóvel: um upgrade substancial dos BRM e da nova gama de e-machines EM 1.25, que oferece ainda melhores poupanças e, com 25kW, permite uma completa funcionalidade de condução elétrica de 48V – de mild-hybrids, até carros compactos elétricos de 48V.

A segunda geração do Boost Recuperation Machine apoia-se nos pontos fortes do seu antecessor – fácil integração e baixos custos do sistema. Simultaneamente, o BRM 2.8 melhora todos os indicadores de performance: maior binário, poder de arranque e poder contínuo graças ao design compacto com uma densidade de potência e eficiência impressionantes. A aprimorada potência máxima de recuperação de 15kW aumenta ainda mais a poupança de combustível e CO2 – reduzindo o consumo até 8%, comparado com os sistemas de start/stop – “O novo BRM 2.8 é um produto incrivelmente eficiente a nível de custo, mantendo um impacto imediato no cumprimento dos objetivos de proteção climática e a atingir as metas de emissões de frotas, tornando-se na solução ideal tanto a curto como a médio prazo para as necessidades de OEM’s do mundo inteiro” afirma Dr. Peter Sokol, COO da SEG Automotive.

A nova e-machine EM 1.25 eleva o conceito de 48V para um novo nível. O motor elétrico altamente eficiente de 25kW consegue ser incorporado facilmente através da transmissão – desde a caixa de velocidades (P2, P3) até ao eixo traseiro (P4), dependendo da arquitetura escolhida por cada cliente específico. Mesmo comparado com carros equipados com start/stop, fornece uma poupança de combustível e de emissões CO2 adicional de até 19%, em condições reais.

No entanto, a flexibilidade do EM 1.25 não termina na hibiridização leve: fornece energia suficiente para permitir veículos totalmente híbridos de 48V ou mesmo compactos elétricos de 48V – por exemplo, ao colocar dois EM 1.25 no eixo traseiro. Esta solução implicaria custos menores do que os atuais sistemas de alta voltagem, que requerem uma arquitetura de segurança especial.

“Veículos de 48V irão ser elemento-chave para reduzir drasticamente as emissões CO2 dos veículos. Com o nosso EM 1.25 temos uma solução eficiente para uma gama abrangente de utilizações, desde

hibiridização leve a pequenos veículos elétricos, por exemplo para utilizações urbanas,” afirma Dr. Peter Sokol, COO da SEG Automotive.“Movidos pela nossa paixão por inovação continuaremos a seguir este caminho. O EM 1.25 constitui a base para a nossa pesquisa contínua e investimento em soluções de alta voltagem.”

Os benefícios adicionais da nova e-machine da SEG Automotive são a sua suavidade e alta eficiência. Alimentado por um fiável PMSM (Permanent Magnet Synchronous Machine) de 6 fases, o EM 1.25 caracteriza-se pela redução de vibrações e barulho, bem como pelas perdas inferiores, quando comparado com um PMSM de 3 fases convencional.

PALAVRAS-CHAVE