Revista Pós-Venda
MercadoGrupo IMA na linha da frente da assistência
ecall

Grupo IMA na linha da frente da assistência

por

O Grupo IMA tem acompanhado as novas tendência no que diz respeito à “mobilidade segura”, disponibilizando informaçõa sobre o eCall de origem e sobre o eCall em retrofit.

A segurança rodoviária é um tópico muito relevante em 2018, em grande parte devido ao eCall 112. A partir de 1 de abril de 2018, todos os veículos comerciais ligeiros e de passageiros matriculados pela primeira vez devem ter um sistema eCall integrado de origem. O dispositivo eCall aciona uma chamada de emergência que é enviada para os serviços de emergência, juntamente com um conjunto mínimo de dados incluindo geolocalização; este processo pode ser manual ou automático, em caso de um acidente grave. O principal objetivo deste serviço, que se encontra ligado em tempo real a um centro de chamadas de emergência, é salvar vidas e reduzir a gravidade dos feridos nas estradas diminuindo o tempo de resposta dos serviços de emergência e torná-los mais fiáveis.

Como membro da SNSA (Federação Nacional de Empresas de Assistência em França) e com quase 20 anos de experiência na área, o Grupo IMA encontrou o seu lugar natural no centro da iniciativa eCall 112 com um objetivo: receber, filtrar e redirecionar alertas eCall em tempo real após análise da situação.

Como funciona o sistema de chamadas de emergência eCall 112

Em caso de colisão, o dispositivo eCall aciona automaticamente um alerta e envia o conjunto de dados mínimo para os operadores PSAP** da plataforma eCall 112: geolocalização do veículo, tipo de ativação, tipo de veículo e tipo de energia. O procedimento seguinte é responsabilidade dos operadores da plataforma, que devem contactar o veículo, confirmar a situação e mobilizar os serviços de emergência apropriados (paramédicos, bombeiros, etc.) ou, se o utilizador desejar, em caso de danos materiais, o serviço de assistência da seguradora do condutor… sem esquecer uma importante missão: tranquilizar! E tudo isto em menos de 75 segundos porque quanto mais depressa os serviços forem mobilizados, maiores são as hipóteses de sobrevivência.

Em 2016, em média, aproximadamente apenas 8% dos acidentes fatais ocorreram em auto-estradas, enquanto 37% ocorreram em áreas urbanas, e mais de metade em estradas rurais1. De acordo com a Comissão Europeia, o eCall poderia assim reduzir o número de mortos em 4% e o número de feridos em 6% nas estradas europeias, acelerando o tempo de resposta dos serviços de emergência em 40% nas áreas urbanas e em 50% nas áreas rurais1.

O TPS eCall e o eCall instalado à posteriori: o Grupo IMA presta igualmente assistência a veículos em segunda mão

Enquanto o eCall 112 torna o sistema de chamadas de emergência obrigatório, a partir do seu lançamento e durante o primeiro ano, abrange apenas entre 250.000 e 300.000 veículos ligeiros dos 2 milhões vendidos em França todos os anos. Como tal, e devido ao ciclo de substituição destes veículos, poderia demorar quase 10 anos a equipar metade do parque automóvel de ligeiros. Então surge a questão: como podemos fornecer aos proprietários dos modelos existentes ou de veículos em segunda mão um nível mínimo de segurança?

A primeira opção já existe: o eCall de entidades terceiras ou o eCall privado disponibilizado por fabricantes automóveis. Enquanto o eCall 112 acaba de ser implementado, o eCall privado já é uma opção desde 2003 em alguns veículos, mas atualmente apenas 2% da frota automóvel europeia está equipada com o mesmo.

Como a primeira companhia de assistência a obter o certificado “Software de Segurança Pública” NF399 pela interoperabilidade da sua plataforma de gestão de chamadas de emergência com os serviços de emergência, o Grupo IMA desenvolveu uma competência reconhecida nesta área, especialmente com o seu parceiro de longa data, o Grupo PSA. Com mais de 90.000 eCalls processadas em 2017, o Grupo IMA tornou-se o líder europeu nesta atividade, disponibilizada aos clientes da Peugeot, Citroën e DS, bem como da Mercedes, BMW, Audi e Volkswagen em parceria com a Bosch. No entanto, este serviço permanece dedicado especialmente aos segmentos e marcas de luxo…

A segunda solução deverá ser lançada este ano: caixas instaladas à posteriori ligadas ao isqueiro ou à porta USB do automóvel. “Em particular, estes dispositivos irão permitir aos jovens condutores beneficiar do mesmo nível de segurança, partindo do princípio que as soluções são certificadas pelo eCall”, explica Antoine Trarieux, Diretor de Serviços Telemáticos no Grupo IMA. Uma primeira caixa obteve certificação em 2017 e foi testada pelo IMA. “A nossa interação com os principais operadores do mercado torna-nos bastante confiantes acerca da possibilidade de, no futuro, operar o serviço eCall através de caixas certificadas, que podem ser utilizadas em todos os veículos e que estarão disponíveis ao maior número de pessoas possível”. Esta é uma das formas pela qual o Grupo IMA tenciona garantir a mobilidade segura de todos!

E onde é que ficam os veículos de duas rodas no meio de tudo isto?

Uma vez que a segurança é uma responsabilidade partilhada, o Grupo IMA não se esqueceu dos veículos de duas rodas, que são considerados especialmente vulneráveis. De facto, e embora os veículos de duas rodas representem menos de 2% do tráfego (1,9%) em França, os motociclistas representam 43% dos feridos e 21% dos mortos2 em acidentes rodoviários.

Desta forma, após ter investido na recém-criada startup Liberty Rider e na sua aplicação de deteção de acidentes, o IMA assinou recentemente um acordo de parceria com a Cosmo Connected, pela sua inovação com o mesmo nome. Após se ter concluído que metade dos acidentes entre automóveis e veículos de duas rodas se deviam a negligência por parte do condutor do automóvel, o Cosmo Connected é a primeira luz de travagem conectada que indica ao nível dos olhos que o motociclista está a abrandar. Alerta também os serviços de emergência e os amigos e familiares automaticamente em caso de acidente, graças à sua aplicação de geolocalização. “A segurança dos motociclistas é uma questão muito importante! O Grupo Ima orgulha-se de apoiar o lançamento do produto Cosmo Connected, que representa um desenvolvimento significativo ao oferecer aos condutores de veículos de duas rodas e aos seus entes queridos a garantia de mobilidade segura!” afirma Antoine Trarieux. “Sem dúvida alguma que estes veículos irão permitir o desenvolvimento do eCall em motociclos, de acordo com a vontade já expressa por membros do Parlamento Europeu desde 20143”.

Nº de visitas: 24 ~ Visto Hoje: 1
Tags:

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares