Ver todas

Back

Módulo de gestão térmica INA para BMW híbrido no pós-venda

22 Novembro, 2022
215 Visualizações

Na altura de substituir a bomba de água num BMW híbrido, devemos prestar atenção a outro componente: o módulo de gestão térmica, uma inovação que agora está disponível exclusivamente para o mercado de reposição independente sob a marca INA para mecânica BMW e Mini.

Há mais de 10 anos que a Schaeffler revolucionou o conceito de arrefecimento com o seu módulo de gestão térmica ou TMM (sigla em inglês para Thermal Management Module) um componente capaz de controlar a temperatura do líquido de arrefecimento em vários circuitos de arrefecimento, de acordo com as necessidades. Graças a estra intervenção seletiva, o motor alcança a sua temperatura ótima de funcionamento mais rapidamente. Como resultado, incrementa o conforto de condução e reduz o consumo de combustível, além de fazer baixar as emissões de CO2.

Novidades da segunda geração

Desde o seu lançamento, o módulo de gestão térmica nunca deixou de evoluir. Como resultado, a Schaeffler lançou a segunda geração com melhorias interessantes que o tornam num componente perfeitamente adaptado às mecânicas híbridas. Isto é possível graças ao conceito de refrigeração dividida, ou “Split Cooling”: mediante duas válvulas giratórias de ação independente, controla-se de maneira ótima e separada a temperatura da cabeça do motor e do bloco de cilindros. Isto é especialmente importante depois de arrancar o motor a frio com transmissão elétrica pura, já que permite reduzir a força de atrito nas câmaras de combustão durante o processo de ignição recorrente. Isto significa que cumpre com as crescentes exigências que impõem os sistemas de “start-stop” ou híbridos e assegura um controlo ótimo da temperatura da cabeça e do bloco de cilindros através de uma gestão mais específica. Como resultado, atinge-se uma combustão otimizada, um desgaste inferior e menores emissões de CO2.

Gama ampliada: soluções de manutenção para a BMW e Mini

A Schaeffler já oferecia, em exclusivo para as oficinas independentes, o módulo de gestão térmica para veículos do grupo VW. Agora, a grande novidade é passar a ter também disponíveis as unidades TMM para referências BMW e Mini, de aplicação em mecânicas híbridas: nº 538 0810 10, para motores de 3 e 4 cilindros (838 e 848) e nº 538 0811 10 para motores de 6 cilindros (858). Estas duas novidades constituem uma importante oportunidade de negócio, já que proporcionam cobertura de um parque automóvel de mais de dois milhões de veículos, um valor que será duplicado nos próximos três anos.

 

PALAVRAS-CHAVE