Ver todas

Back

“O facto que está a marcar a atividade é o efeito Uber”, Licínio Nunes, Glassdrive

22 Janeiro, 2020
1928 Visualizações

O Diretor Geral da Glassdrive, Licínio Nunes, traça um breve balanço da atividade em 2019 e afirma que o objetivo para 2020 continua a ser a consolidação da rede de centro de vidro auto, a maior do mercado português.

Qual o balanço que fazem da vossa atividade em 2019?
O ano de 2019 foi um ano em linha com o que estava previsto, pese embora a imprevisibilidade que norteia os dias de hoje. Conseguimos os nossos objetivos e a estratégia delineada foi cumprida integralmente!

Qual foi o facto mais marcante da vossa empresa em 2019?
O facto mais marcante da rede Glassdrive, foi o Congresso da Madeira que ocorreu no Funchal de 8 a 10 de Junho.

Qual foi na sua opinião o facto mais marcante do vosso setor em termos gerais?
No nosso setor em termos gerais, o facto que está a marcar a atividade é o efeito Uber, que vem introduzir novos dados no setor, já que há uma transferência da viatura particular para a viatura alugada.

Quais são as perspetivas para 2020? Vão haver novos investimentos?
2020 deve ser um ano de crescimento para a Glassdrive. Teremos obviamente sempre investimentos e teremos até novas aberturas, para consolidar a nossa presença em todo o território nacional, como a maior rede de vidro automóvel em Portugal. Os nossos 140 centros são a prova disso e garantem-nos uma presença e uma solidez que outra qualquer rede não possui.

 

PALAVRAS-CHAVE