Ver todas

Back

Observatório Indicata: procura de usados forte, oferta equilibrada e preços estáveis

20 Outubro, 2020
558 Visualizações

Segundo o Observatório Indicata de Outubro, a procura desenfreada suscitou o crescimento do mercado de usados europeu desde que os bloqueios foram levantados, contudo as taxas de crescimento parecem estar a abrandar.

Em setembro o mercado subiu 18% sugerindo que, se a procura desenfreada estivesse a terminar, estava a ser substituída pela procura subjacente. A pressão constante sobre os stocks dos retalhistas diminuiu, e na verdade nos principais mercados os stocks subiram, permitindo assim novos crescimentos de vendas.

As vendas de motorizações amigas do ambiente (BEV e Híbrido) continuam a aumentar significativamente (setembro em termos homólogos subiu 123% e 104%, respetivamente).

Portugal – Procura e volumes fortes sustentados por oferta mais desafogada

Em setembro, as vendas mantiveram-se altas, apesar de uma nova redução de 4% nos stocks dos retalhistas, subindo 36,2% em termos homólogos.

Embora a rotação de stock esteja efetivamente em alta, em comparação com outros países europeus, provem de uma base mais baixa, o que, aliado a uma robusta capacidade de importação de automóveis, permitiu a Portugal satisfazer uma forte procura.

As rotações de stock de BEV e Híbridos são muito inferiores às das alternativas a combustão interna (ICE), e essa oferta desafogada permitiu um crescimento significativo do volume de vendas (66% e 70%, respetivamente). Dito isto, a rotação de stock de gasolina é forte e foi a que mais aumentou (51%) como resultado de um aumento significativo dos volumes de vendas (90%).

PALAVRAS-CHAVE