Ver todas

Back

Observatório Indicata: queda na venda de usados a gasolina

27 Abril, 2023
1096 Visualizações

De acordo com o mais recente relatório do Observatório Indicata, a nível europeu, em março, as vendas de automóveis usados a gasolina viu a sua segunda menor quota de mercado desde o início de 2021, caindo para apenas 43,0% do mercado.

No mesmo período, os automóveis usados a Gasóleo registaram o ganho mais significativo, com a quota de mercado a subir para 43,14%. Também de acordo com o Observatório INDICATA, em Portugal o Gasóleo continua a ser a motorização mais popular, representando 61,51% das vendas de automóveis usados em Março, enquanto a Gasolina apenas representa 28,76%.

Em Março, a quota de mercado das vendas de automóveis usados a Gasolina cai para 43,00%, com os usados a Gasóleo a subir para 43,14%. A quota de mercado das vendas de usados BEVs aumentou em 10,9% para 2,85%. Em Março de 2023, a quota de mercado das vendas de Híbridos usados aumenta para 11,01%. Os automóveis usados a Gasolina e Gasóleo ainda representam 86,14% do mercado de automóveis usados online B2C.

Os automóveis usados a Gasóleo tornam-se a motorização de venda mais rápida com 54 dias de Market Days’ Supply, contra 55 dias dos Gasolina. “Apesar dos preços médios de BEVs usados caírem 9,7 pontos percentuais em 4 meses, o MDS permanece elevado com 110 dias no início de Abril de 2023, com a quota de stock de BEVs a aumentar 9,3% em termos mensais”, afirma o Director Global do INDICATA, Andy Shields.

Em Março, os automóveis, com menos de quatro anos de idade, mais vendidos por volume viram o VW Golf permanecer no topo, com o VW T-ROC a substituir o Renault Clio no segundo e o VW Tiguan a permanecer em terceiro. Os automóveis usados, com menos de quatro anos, a venderem mais rápido em Março, pelo Market Days’ Supply, viram o Opel Insignia ocupar o primeiro lugar com um MDS de 25,6 dias. A Opel também ficou com o segundo lugar com o Grandland X e o Ford Ka+ garantiu o terceiro lugar.

O nosso índice de preços nos gráficos deste relatório baseia-se num conjunto consistente de veículos reindexados em relação a Janeiro de 2022, o qual veria então uma curva descendente dos preços médios ao longo do ano devido ao impacto do ciclo de vida do produto. Durante a maior parte de 2022 os preços continuaram a subir até Agosto e Setembro, mas os preços estão agora em queda, com nove países a mostrarem que os preços dos automóveis usados descem em termos mensais no início de Abril. Os preços médios para a Turquia subiram 9,3 pontos percentuais, em termos mensais, o que significa que são agora 88,6pp mais altos do que no início de 2022. A Polónia também viu os preços subirem marginalmente 0,2pp em termos mensais, mas para todos os mercados europeus de volante à esquerda, os preços médios caíram 0,3pp em termos mensais, e são agora 3,6pp mais baixos do que no início de 2022. Os preços no Reino Unido registaram um aumento de 1,1pp em termos mensais, deixando os preços médios 5,2pp mais baixos do que em Janeiro de 2022.

PALAVRAS-CHAVE