Ver todas

Back

Cepsa lança novo óleo sintético para motores Euro 6

15 Novembro, 2022
437 Visualizações

A Cepsa acaba de lançar o XTAR 5W30 ECO C2 C3, um novo lubrificante 100% sintético, concebido para motorizações Euro 6. 

Este é um lubrificante 100% sintético de última geração, especialmente indicado para otimizar a vida e eficácia dos motores dos veículos híbridos, a gás (GLP/GNC), diesel ou gasolina com injeção direta, turbo alimentado e com sistemas de pós tratamento dos gases de escape. Proporciona uma economia extra de combustível (lubrificante “Fuel Economy”), reduzindo as emissões de CO2 para a atmosfera.

Este lubrificante apresenta uma nova fórmula que inclui especificações superiores e um maior número de aplicações, abrangendo também os requisitos dos motores mais modernos e dos veículos híbridos.

Foi concebido para as motorizações Euro 6 (incluindo a mais recente Euro 6d), que requerem um lubrificante que cumpra a ACEA C2 ou ACEA C3. Estão incluídos veículos de fabricantes asiáticos tais como Hyundai/Kia, Toyota, Honda, entre outros, assim como veículos de outros fabricantes europeus fora de garantia, que não necessitem homologações. Este lubrificante é também recomendado para os modernos veículos Mercedes-Benz que requerem a homologação MB-Approval 229.52.

Formulado com bases sintéticas de última geração e uma aditivação equilibrada para poder cumprir simultaneamente ACEA C2 e C3, o XTAR 5W30 ECO C2 C3 contribui para uma melhoria na economia de combustível e, consequentemente para a redução as emissões de CO2. Por outro lado, apresenta ainda uma viscosidade HTHS adequada para proteger o motor, incluindo a elevadas temperaturas.

O seu reduzido teor em cinzas (SAPS) torna-o recomendado para veículos equipados com filtro de partículas (GPF/DPF). Por outro lado, as suas excelentes propriedades de emulsão para combater a diluição com água e/ou combustível, assim como a capacidade anti corrosão e ferrugem, garantem um bom rendimento nos veículos híbridos plug-in (PHEV) e híbridos não plug-in (HEV), que equipam os motores a gasolina e elétrico. Devido à sua elevada estabilidade à oxidação, também é recomendado para os motores a gás (GPL/GNC) ou se forem utilizados biocombustíveis.

PALAVRAS-CHAVE