Ver todas

Back

Procura por veículos elétricos usados aumenta 30% em janeiro

24 Fevereiro, 2022
531 Visualizações

De acordo com o Panorama Standvirtual, a procura por veículos elétricos usados aumentou 30% em janeiro de 2022. 

Em janeiro verificoua-se um decréscimo geral de -7% na procura e de -14% na oferta de veículos, com uma dinâmica de mercado de 7%. O decréscimo na procura é visível sobretudo nas marcas premium, em janeiro (-19%).

Os veículos elétricos são os que registam maior aumento de procura em janeiro, correspondente a +30%, ainda que com uma diminuição de -2% da oferta (dinâmica de mercado de 32%). Os carros Elétricos, Híbridos a Gasolina e Híbridos a Diesel representam, em conjunto, cerca de 8% da procura em janeiro. O Diesel é a tipologia mais procurada, com a oferta e a procura igualadas a representar cerca de 60% dos anúncios. No entanto, esta categoria regista uma quebra de cerca de -18% em procura e oferta em janeiro. A procura por gasolina mantém-se estável, com oferta a baixar -3%. Esta tipologia é a segunda mais procurada (32%), com o segundo maior volume de anúncios (27%).

O segmento de pequenos citadinos é o único que revela aumento da procura em janeiro (+11%), ainda que com decréscimo de oferta de -17% (assume a maior dinâmica de mercado, de 28%). Nas restantes categorias, todas revelam quebras de procura, com destaque para os cabrio (-19%). Na oferta, os coupé são a única categoria a crescer em janeiro (+9%). As carrinhas (19%), SUV (18%) Utilitários (15%) e Citadinos (14%) são os segmentos mais procurados. Em janeiro a procura supera a oferta nas categorias de pequenos citadinos, coupé e SUV. A BMW (12,8%) e a Mercedes-Benz (12,7%) são as marcas mais procuradas em janeiro, bem como as mais anunciadas (12,4% e 11,1%, respetivamente). No que diz respeito aos carros mais procurados em janeiro, o top 3 é composto pelo Renault Clio (2020); o Mercedes-Benz Classe A (2020) e o Mercedes-Benz Classe C (2016). Nos elétricos e híbridos, a procura é encabeçada pelo Renault Zoe, o Nissan Leaf e o BMW Série i.

A procura por carros até 1 ano diminui -12% em janeiro, mês em que se regista -25% de oferta destes veículos (dinâmica de mercado de 13%). No geral, a procura diminui em todas as faixas, sobre tudo nos carros entre 1 e 3 anos (-28%). Carros entre 5 e 10 anos são os únicos que revelam aumento ligeiro da oferta (+2%). Os carros com matrícula de 2015/2016 são os mais visualizados em janeiro. Desce ligeiramente procura por carros de 2018 e 2019, mas mantém-se a procura pelos de 2020 já registada no mês anterior.

A escassez de anúncios face a visualizações, em janeiro, verifica-se nos veículos acima de 40.000€ (10% dos anúncios), bem como na categoria abaixo de 5.000€ (7% dos anúncios). A percentagem de anúncios e visualizações é equivalente nas categorias entre 5.000€ e 10.000€ (cerca de 16% para ambos) e entre 25.000€ e 40.000€ (cerca de 18%). Apenas na categoria de 10.000€ a 25.000€ os anúncios (53%) superam as visualizações. A categoria dos 10.000€ aos 25.000€ continua a registar o maior número de visualizações (38%), seguindo-se a categoria acima de 40.000€ (19%) e entre 25.000€ e 40.000€ (17%).

PALAVRAS-CHAVE