Revista Pós-Venda
EventosWorkshop Stratio Automotive promove vantagens da manutenção preditiva

Workshop Stratio Automotive promove vantagens da manutenção preditiva

por

No âmbito da Mecânica / Expotransporte, realizou-se o workshop Stratio / Pós-Venda sobre a Manutenção Preditiva para veículos pesados.

Miguel Franco fez a apresentação deste Workshop ode abordou todas as vantagens da Manutenção Preditiva e da solução que a empresa de Coimbra desenvolve e que já está em funcionamento em diversas capitais europeias e mundiais.

A Stratio Automotive é uma empresa que desenvolve soluções para transportes. Por via da relação que mantinha com os Transportes de Coimbra (SMTUC), foi solicitado por este cliente uma solução que pudesse indicar qual o estado dos diversos componentes técnicos das viaturas, nomeadamente dos motores dos autocarros dos transportes urbanos.

Stratio

“Mediante esta sugestão a Stratio lançou-se numa investigação avaliando se tal era possível. Consideramos que era possível desenvolver algo que pudesse fornecer dados concretos sobre o estado dos motores dos autocarros”, começa por recordar Miguel Franco, diretor comercial da Stratio Automotive, explicando que “ao longo de dois anos foi feito o desenvolvimento intensivo desta solução de manutenção, que levou o seu tempo de maturação até estar pronta, tendo passado também por testes e por um grande investimento”.

Através de financiamento comunitário, a Stratio Automotive aumentou a sua equipa para 27 pessoas a trabalhar exclusivamente neste projeto de manutenção preditiva.

A equipa da Stratio Automotive inclui elementos de investigação mecânica, que avaliam e estudam tudo o que tenha a ver com a mecânica e eletrónica dos veículos (todos eles com know-how e reputação na área), pessoas ligadas ao hardware (que é instalado nos veículos) e também ao software (que desenvolvem a solução visível ao cliente final), além de equipas (em regime de outsourcing, das Universidades de Lisboa e do Porto) que trabalham ao nível da inteligência artificial (em parceria com a área de investigação mecânica). Os restantes elementos da Stratio Automotive trabalham em áreas de desenho de produto e de desenvolvimento de negócio.

“Sempre que existe trabalho de campo são três equipas, investigação mecânica, hardware e software, que se interligam para que todos possam perceber aquilo com que se está a lidar”, refere Roney Malaguti, que pertence à equipa de Investigação e Ciência Mecânica da Stratio Automotive, reconhecendo “que as mais valias de todos os profissionais em cada uma das áreas, permitiu potenciar ainda mais as valências de cada um”.

MANUTENÇÃO PREDITIVA

O que a Stratio Automotive se propõe fazer, com a solução agora apresentada, é resolver um grande paradoxo da manutenção, isto é, transformar a manutenção de frotas numa ciência exata.

A Stratio Automotive começou por perceber que uma frota tem veículos de idades diferentes, de diferentes marcas e modelos, e que os gestores de frota não têm toda a informação concentrada num só lugar e que a mesma é bloqueada maioritariamente nas marcas, não estando acessível a não ser a troco de muito dinheiro.

Dessa forma “o que nos propusemos fazer foi concentrar a informação num só local e dotar os gestores de frota de toda a informação para apoio à decisão”, refere Miguel Franco. Normalmente a manutenção dos pesados é feita de forma reativa, aquela que sucede após o problema, ou preventiva, a que é feita em função de estatísticas.

“As estatísticas de manutenção, dadas pelas marcas, têm um grande problema, é que não têm em conta a tipologia de utilização da frota. Algumas frotas, pela experiência que possuem de utilização da mesma, também utilizam estatísticas próprias sobre a manutenção, mas que nunca têm em conta o desempenho real”, diz Miguel Franco, explicando que “isso pode levar uma frota a substituir certo componente tarde de mais ou cedo de mais, o que se traduz numa ineficiência ou num custo”.

Atendendo a estes aspetos, o que a Stratio Automotive propõe através da sua solução é dar o salto para a manutenção preditiva em que a mesma deixa de ser feita com base em estatísticas e passa a ser feita com dados reais.

“Com esta solução nós conseguimos saber qual é o momento exato para substituir determinado componente. Sempre que é detetada uma potencial avaria é dada a indicação, através da nossa solução, que é o momento do veículo ser intervencionado”, explica Miguel Franco. A Stratio Automotive desenvolveu um hardware, que está ligado à porta de diagnóstico do veículo, que está a recolher informação sobre todos os sistemas e subsistemas das viaturas. “Este hardware está adaptado para funcionar com qualquer solução de comunicação de qualquer marca e modelo de veículo pesado, independentemente da sua idade, nomeadamente a partir de 2001”, assegura Roney Malaguti, reforçando que “essa é precisamente outra enorme mais valia desta solução, nomeadamente nos veículos mais modernos que disponibilizam muito mais informação”.

COMO FUNCIONA

Esta solução funciona em tempo real e “debita” informação várias vezes por segundo, permitindo que a informação esteja sempre a circular, tendo ainda a particularidade de “incorporar tecnologia que ainda não está ativa, pelo que as atualizações remotas permitirão o futuro acesso ao cliente dessa tecnologia através de uma simples actualização”, explica Miguel Franco.

Toda esta informação que é recolhida no veículo é enviada para os servidores da Stratio Automotive, onde são aplicados os algoritmos de inteligência artificial que permitem prever os problemas antes deles acontecerem.

Sempre que é despoletado um alerta de manutenção, essa informação é enviada ao gestor de frota, que não mostra apenas qual é o problema, mas também fornece as possíveis causas e os passos necessários para o resolver. “A Stratio Automotive adquiriu a informação técnica de como solucionar os problemas e dotamos as equipas técnicas da informação necessária para os resolver”, diz Miguel Franco.

Recolhendo a informação através dos sensores dos veículos, a Stratio Automotive consegue ainda ir um pouco mais além na análise a outros componentes que não tenham sensores. “Relacionando dados obtidos através dos componentes que têm sensores conseguimos ter informação extra de outros componentes que não têm sensores, mas entre os quais existe uma relação indireta”, revela ainda Miguel Franco.

Os principais pontos de análise num veículo da solução da Stratio Automotive são o motor, transmissão, suspensão, escape e travões, embora também sejam avaliadas outras áreas como a segurança e o conforto.

Como antes se disse, a solução da Stratio Automotive foi sujeita a testes intensos que ajudaram a validar a mesma. Após a fase de ensaios, com mais de 200 veículos, os resultados foram evidentes: uma redução média de 12% em custos de manutenção e de 8% em combustível, tendo assim, um impacto direto sobre a fiabilidade, desempenho e vida útil dos veículos.

Refira-se que se pode aceder a esta solução que a Stratio Automotive através de um browser num computador, mas também através de smartphone ou tablet.

Nº de visitas: 118 ~ Visto Hoje: 1
Tags:

Contactos

Rua do Sol, 8-A, Vila Fria, 2740-166 Porto Salvo

+351 21 806 89 49

geral@posvenda.pt

siga-nos

Voltar para Topo
Shares
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com