Ver todas

Back

“A transformação mais emocionante ocorrerá na Mobilidade”, Damien Germès, NGK

4 Setembro, 2020
599 Visualizações

O Presidente e CEO da NGK Spark Plug Europe GmbH, Presidente Regional da EMEA e Diretor Corporativo da Sede Mundial no Japão, Damien Germès, falou do desenvolvimento presente e futuro da reconhecida empresa de componentes e ignição e sensores para automóveis.

Como descreveria o comportamento da NGK durante o último exercício encerrado a 31 de março?
A NGK teve um desempenho impressionante no último ano fiscal, com uma rotatividade total global de 3,7 bilhões de euros, um valor do qual todos na empresa podem se orgulhar. Este número representa um recorde histórico de vendas para a empresa, com um aumento em relação ao ano financeiro anterior, apesar dos primeiros efeitos negativos da pandemia Covid-19.

Todas as divisões do grupo deram contribuições notáveis. O nosso grupo de componentes para o setor auto, que engloba OE e IAM, continuou a apresentar forte desempenho, com desenvolvimento de vendas cerca de duas vezes superior à média da indústria automobilística.

O uso do motor de combustão interna deve registar um grande declínio em meados da década de 2030. Como é que a NGK se está adaptando a esse desafio?
Embora o motor de combustão interna sofra uma diminuição, as pessoas continuarão a conduzir automóveis no futuro, com a única diferença sobre o tipo de propulsão. Isso significa que o nosso negócio auto continuará a ser igualmente importante para nós. Teremos que mudar o nosso foco para os vários componentes da unidade motriz que estão em uso.
Além disso, implantamos estruturas para transformar a NGK numa empresa de maior alcance, com novos objetivos de negócios e produtos. Eles estão começando a dar frutos, e um aumento significativo na produção dessas áreas é esperado nos próximos 10 a 20 anos.
Planeamos aumentar os investimentos em negócios novos e em crescimento, com a meta de 40% da nossa faturação global vir de vendas não relacionadas ao motor de combustão interna até 2030, aumentando para 60% até 2040.

Como vê a empresa adaptando-se aos desenvolvimentos futuros relacionados à mudança climática?
Parte da filosofia de nossa empresa, chamada “Nittoku Way”, refere-se ao dever que temos para as gerações futuras. A luta contra as mudanças climáticas requer um esforço conjunto e estamos desempenhando nosso papel a esse respeito. Nossos produtos de ignição e sensores agora contribuem para reduzir as emissões de CO2. Além disso, estamos constantemente investigando novas áreas negócio sustentável. Isso inclui células de combustível de óxido sólido, baterias de estado sólido e movidos a gás (PTG), que oferecem oportunidades interessantes.

O desenvolvimento de tecnologia, produtos e negócios que contribuam positivamente para os problemas sociais é de extrema importância para NGK. Que desenvolvimentos futuros nestas áreas mais o desafiam?
Todas as áreas são estimulantes e têm seu potencial. Agora é preciso adquirir conhecimento mais diversificado porque compartilharemos diferentes domínios de negócios com novos concorrentes.
A nossa Visão 2040, chamada de “Beyond ceramics, eXceeding imagination”, dá a direção à empresa que precisamos para se reinventar e mudar drasticamente além da forma atual.
Com o nosso plano de gestão de longo prazo chamado “NITTOKU BX”, estabelecemos marcos para os próximos 10 anos que iluminarão o caminho para alcançar a visão de nossa empresa. A “NITTOKU BX” fará com que a nossa empresa estabeleça fortes pilares de negócios em quatro campos de negócios diferentes que irão garantir a nossa competitividade de longo prazo. Trabalhar em direção a esses objetivos permitirá que a NGK contribua para a sociedade, fortalecendo os nossos alicerces e capturar novas oportunidades de negócios.

Pode contar mais sobre esses quatro pilares de negócio?
Esses quatro sólidos pilares de negócios são: “Meio Ambiente e Energia”, “Mobilidade”, “Medicina” e “Comunicação” e baseiam-se nos 17 “Objetivos de Desenvolvimento Sustentável” da ONU. Porém, as nossas competências essenciais hoje abrirão o caminho para o desenvolvimento de soluções inovadoras e emocionantes nessas quatro áreas. Para mim, a transformação mais emocionante ocorrerá na “Mobilidade”, uma vez que a nossa empresa já tem uma base muito sólida na indústria auto, que está passando por uma transformação radical. Continuaremos a desempenhar um papel importante na “mobilidade” no futuro. Vamos expandir nossas ofertas, por exemplo, fornecendo manutenção adaptada ao estilo de vida dos nossos clientes, bem como Mobilidade como Serviço (MaaS) para atender às necessidades especiais. Além disso, nossas raízes na “cerâmica” continuarão a contribuir significativamente para a empresa, utilizando componentes cerâmicos para melhorar a energia elétrica nos veículos elétricos.

Quais são os principais objetivos previstos para os próximos 10 anos?
Nos últimos 10 anos, avançamos muito como empresa nas nossas áreas de
negócio atual. Portanto, um dos principais objetivos de longo prazo será a transformação do nosso portfólio de negócios e investimentos em novos negócios. Esses marcos serão acompanhados de um esclarecimento sobre as nossas responsabilidades organizacionais, bem como a criação de uma forte cultura de “Vontade de Mudar “dentro da sociedade da nossa empresa para atingir os objetivos da nossa visão.

 

PALAVRAS-CHAVE