Ver todas

Back

Liqui Moly é parceira de óleos no Campeonato do Mundo de Motocross

12 Janeiro, 2022
459 Visualizações

A Liqui Moly vai, a partir da próxima temporada, estrear-se no Campeonato do Mundo de Motocross (MXGP) FIM, como parceiro exclusivo de lubrificantes nesta série e, além disso, também no Motocross of Nations (MXoN) FIM e no Campeonato Mundial de Snowcross (SNX) FIM.

“A tecnologia e os pilotos podem também contar connosco fora do asfalto”, sublinha Peter Baumann, diretor de marketing da Liqui Moly. A empresa oferece uma vasta gama de produtos químicos para veículos de duas rodas: desde óleos para motores, óleos para caixas de velocidades, óleos para suspensão, aditivos, lubrificantes, sprays de manutenção e produtos de limpeza até líquidos dos travões, óleos para correntes e produtos de tratamento e cuidado para as motos. Ao todo, são mais de 100 produtos especialmente concebidos para motos, incluindo também alguns produtos especificamente desenvolvidos para o todo-o-terreno.

“Isto faz da Liqui Moly um parceiro forte, que vai também ser uma ajuda importante em termos tecnológicos”, afirma David Luongo, diretor da Infront Moto Racing, promotora das competições. “Esperamos poder beneficiar do know-how do especialista em óleos.” Uma das corridas terá lugar em Espanha, em Arroyomolinos, nos dias 28 e 29 de maio.

A Liqui Moly vai também patrocinar o grande prémio MXGP na Alemanha. “Os fãs de motos já nos conhecem do MotoGP, onde somos há muitos anos fornecedores oficiais de óleo para todas as equipas do Moto2 e Moto3. Os fãs de Enduro conhecem-nos devido à nossa cooperação com a Betamotor”, declara Peter Baumann. “Ao assumirmos um compromisso no MXGP, MXoN e SNX, queremos apelar ao todo-o-terreno e despertar a curiosidade deste segmento para os nossos produtos feitos à medida.”

Nos últimos anos, não foi só a gama de produtos para motociclos que foi continuamente ampliada pela Liqui Moly. Também as receitas deste segmento cresceram mais do que as receitas totais. “No ano passado, triplicamos o volume de negócios de há cinco anos”, afirma Peter Baumann. “Isto mostra que cada vez mais motociclistas estão convencidos da nossa qualidade.”

PALAVRAS-CHAVE